Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Autoestima abalada: O que fazer para restaurá-la?

autoestima abalada pode impactar tanto na vida pessoal, quanto na profissional. Quando não estamos felizes com nós mesmos, tendemos a tomar decisões erradas, pautando-nos apenas nas emoções, e não na razão.

Por isso, restaurar a autoestima é muito importante para não perdermos oportunidades; enxergarmos chances de crescimentos e desenvolvermos a nossa vida profissional e pessoal.

Com isso em mente, elaboramos esse conteúdo para lhe ajudar nessa importante empreitada. Veja a seguir.

O que fazer para restaurar a autoestima abalada?

Nós somos humanos e, como tais, estamos sujeitos a ter a nossa autoestima abalada, uma hora ou outra. É algo natural e bastante comum, mas que merece atenção para que a baixa autoestima não afete o nosso desempenho em todas as esferas sociais. Sendo assim, se você quer restaurar a sua autoestima, considere as sugestões abaixo:

1- Livre-se de pessoas e situações tóxicas

Muitas vezes, a autoestima abalada está relacionada à outras pessoas presentes em seu cotidiano. Portanto, observe se há alguém que fica diminuindo você, ou situações que fazem com que você se sinta inferior. Caso encontre esses gatilhos, não tenha medo, e tampouco vergonha, de se afastar deles.

2- Pratique o autocuidado diariamente

Cuidar de si mesmo não é apenas praticar a higiene pessoal, ok? Mas sim, está relacionado com ler algo que você gosta; assistir à sua série favorita; preparar um prato saboroso para comer; praticar exercícios divertidos; entre outras atividades. O autocuidado é proporcionar a si mesmo mais saúde física e mental, todos os dias.

3- Desenvolva novas habilidades de maneira recorrente

Desenvolver novas habilidades também é importante. É a partir desse desenvolvimento pessoal que você passa a ter mais segurança em locais com mais pessoas, pois se sente confiante para conversar sobre assuntos interessantes ou atuar de maneira mais concisa e eficiente perante as diversas situações.

4- Não se compare a outras pessoas

Comparar-se também é um grande erro, especialmente quando você está com a autoestima abalada. Afinal, convenhamos: ninguém é igual a ninguém. E por todos serem diferentes, cada um possui algum traço marcante.

Sendo assim, não é justo você comparar o desempenho do outro com o seu, tendo em vista que todos somos diferentes e que todos possuímos uma história de vida singular. Portanto, quando perceber que está se comparando com alguém, mude a sua forma de enxergar a situação.

5- Busque inspirações que te motivam

Seja para questões corporativas ou pessoais, buscar uma pessoa que lhe motiva é fundamental para restaurar a autoestima abalada. E não, não estamos falando de encontrar alguém “melhor” que você. Estamos falando de encontrar alguém que realmente faz com que você acredite no seu crescimento e no seu futuro.

Assim você pode consumir conteúdos de alguém que lhe impulsiona a seguir em frente, e não de alguém que faz você duvidar de quem é.

6- Desenvolva a autoanálise e o autoconhecimento

Praticar a autoanálise e o autoconhecimento também é importante. Ao analisar as suas próprias ações, decisões e emoções, você consegue ter uma visão mais profunda sobre si mesmo, e gerencia melhor a emoção que você sente diante de algo.

Quanto ao autoconhecimento, você passa a enxergar os seus pontos fortes com mais clareza, além de reconhecer as suas “falhas”, podendo trabalhá-las de uma maneira efetiva. Escute a si mesmo. 😉

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.