Artistas possuem até quinta-feira para se inscrever em benefício

As cidades de Campos do Goytacazes, Piracicaba e Macapá contarão com benefícios para seus artistas.

Os artistas que moram em Campos dos Goytacazes, Piracicaba e Macapá poderão contar com um benefício próprio. Assim, a intenção destes municípios é de auxiliar a categoria depois dos impactos que a pandemia causou.

Contudo, é necessário estar atento aos prazos de inscrição. Inclusive, o primeiro a expirar será no dia 04, ou seja, a próxima quinta-feira. Entenda, a seguir.

Campos dos Goytacazes no estado de Rio de Janeiro

Na última sexta-feira, dia 2 de outubro, o Fundo Municipal de Cultura de Campos dos Goytacazes (FunCultura), publicou uma prorrogação do prazo das inscrições dos três editais da Lei Aldir Blanc. Isto é, lei que busca destinar fundos para benefícios ao artistas.

Dessa maneira, os profissionais da cultura de Campos poderão se inscrever até o dia 04 de novembro.

Além disso, aquele que se interessa a participar do programa deve se atentar ao edital que deve seguir, já que o município conta com três diferentes. Antes de qualquer coisa, o programa exige inscrição no Cadastro Municipal de Entidades de Natureza Cultural (CEC).

Nesse sentido, a presidente do FunCultura, Auxiliadora Freitas, explicou que “atendendo aos fazedores e fazedoras de cultura do município, que solicitaram a prorrogação do prazo das inscrições, o FunCultura concede essa nova data. Queremos a participação de todos. Com o novo prazo, quem ainda não terminou de elaborar seus projetos, poderá fazê-lo”.

Aquele que tiver qualquer dúvida pode ligar para (22) 98179-4422, das 9h às 17h ou, ainda, enviar um e-mail para funcultura.campos@gmail.com. Já o atendimento de forma presencial será nos dias 3 e 4, das 9h às 17h, no Teatro Trianon. No entanto, é preciso, primeiro, realizar agendamento pelo telefono ou e-mail.

Confira os três editas:

Culture, Campos: Minha História

O objetivo, aqui, é de escolher alguns bens culturais para o acervo do município. Dessa modo, os autores das obras devem se inscrever com o objetivo de doar o objeto à Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima (FCJOL).

Para arcar com o projeto, o município conta com um valor estimado de R$ 274.298,25 e a intenção de chegar a 74 artista. Assim, cada um poderá receber entre R$ 800 e R$ 8.000 a depender da categoria que se inscrever.

Culture, Campos Conectado

Já esta proposta busca escolher projetos culturais de apresentações, sejam de maneira online ou presencialmente.

Para este edital, então, Campos terá um total de R$ 222.000 no orçamento com a estimativa de atender por volta de 33 artistas. Cada qual, então, poderá receber até R$ 9.000 no caso de transmissões ao vivo ou apresentações gravadas e até R$ 4.000 para vídeo-aulas.

Culture, Campos: Mãos à Obra

Por fim, nessa modalidade, o governo municipal irá conceder valores para a compra de matérias-primas e serviços necessários para sua atividade. Dessa forma, é necessário que a aquisição tenha uma ligação direta com a sua arte.

O edital terá um total de R$ 112.000 para, aproximadamente, 28 candidatos ao benefício. Logo, cada um poderá receber cerca de R$ 4.000.

Além disso, é importante lembrar que o artista precisará apresentar notas fiscais dos produtos e serviços que desejam comprar. Caso o valor do auxílio não arque com toda a compra, o artista pode complementar com recursos próprios.

Piracicaba no estado de São Paulo

Indo para o estado de São Paulo, a cidade de Piracicaba também contará com um programa especial para os artistas. No entanto, estes ainda possuem um prazo um pouco maior. Assim, os interessados poderão se cadastrar até o próximo domingo, dia 07 de novembro.

Serão 30 projetos com destino à Lei Aldir Blanc e o benefício de R$ 10 mil para cada um. Dessa forma, aqueles artistas que não conseguiram receber o auxílio no ano passado poderão tentar novamente. Inclusive, nessa nova tentativa, estes candidatos terão uma prioridade, contando com mais cinco pontos no edital.

Como será a divisão de recursos?

O município dividiu o seu orçamento em diferentes tipos de arte. Portanto, serão:

  • 5 projetos de festivais  em centros de cultura.
  • 15 projetos para artes cênicas, ou seja, teatro, dança e circo; artes visuais; audiovisual; música, seja ela vocal ou  instrumental; e artes integradas, isto é, desenho, pintura, escultura, fotografia, xilogravura, por exemplo.
  • 5 projetos de turismo cultural e economia criativa; literatura, seja dentro da edição, divulgação, semanas literárias, oficinas, saraus, encontros e impressões; e patrimônio e memória, como, por exemplo, tradições e folclore, patrimônio material e imaterial.
  • 5 projetos de promoção das manifestações culturais com, por exemplo, temática LGBT, cultura negra e mulheres e cultura hip hop.

Macapá no estado de Amapá

Por fim, agora da região do norte, a capital de Amapá também terá um edital para os seus artistas. Nesse sentido, no útlimo sábado, 30 de outubro, a Prefeitura de Macapá lançou três editais através da Fundação Municipal de Cultura (Fumcult).

Todos eles se baseiam na Lei Aldir Blanc, portanto, o objetivo é de  fomentar a cultura neste contexto de pandemia. Por esse motivo, a administração pública irá promover ações que se direcionam à categoria.

Para além da concessão de auxílios financeiros, então, o município pode realizar a premiação para artistas, microempresas, instituições e organizações comunitárias, por exemplo, da área.

Sobre o assunto, o diretor-presidente da Fumcult, Olavo Almeida, se manifestou. “Discutimos junto com classe do meio artístico e o Conselho Municipal de Política Cultural, a melhor forma para a distribuição deste recurso. Como conclusão, para atender nossa classe artística e cultural, anunciamos estes editais e estamos felizes em poder colaborar neste momento de pandemia com as categorias apresentadas nos editais e com a fomento da economia local”.

Contudo, o prazo de inscrições ainda não se iniciou. Desse modo, os artistas de Macapá possuem alguns dias para se preparar e se inscrever entre 08 e 18 de novembro. Para tanto, será necessário acessar o Sistema Municipal de Informações e Indicadores Culturais.

Novos talentos

Se direciona a cerca de 131 artistas iniciantes. Além disso, estes precisam residir e atuar no município. O valor do prêmio será de R$ 2 mil.

Arte Presente

Se destina à premiação de 187 artistas veteranos. Estes, então, receberão R$ 4 mil como forma de reconhecer suas contribuições à cultura local.

Manutenção dos espaços culturais no município de Macapá

Por fim, este edital busca selecionar e premiar 40 pontos de cultura. Cada quantia será de R$ 12 mil.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.