Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

5/5 - (1 vote)

A demanda global por petróleo e o ambiente desfavorável para um novo superciclo

A demanda global por petróleo e o ambiente desfavorável para um novo superciclo estão relacionados. Saiba mais detalhes do MME!

Conforme informa o Ministério de Minas e Energia (MME) através do Plano Decenal de Expansão de Energia (PDE 2031), caminhões a bateria e a célula de hidrogênio não devem deslocar parcelas significativas de demanda antes de 2030, confira outros pontos sobre a demanda global por petróleo. 

Petróleo: a elevação da escala de produção do hidrogênio requer investimentos

Além disso, o aumento da escala de produção do hidrogênio enfrenta desafios significativos e requererá investimentos vultosos e de longo prazo em infraestrutura.

Demanda de petróleo e superciclos

Choques nos preços de petróleo provocaram perdas permanentes de consumo, causadas pelas recessões que acompanharam esses choques, assim como por investimentos em eficiência energética e adoção de novas fontes de energia, informa o Ministério de Minas e Energia (MME).

Ambiente desfavorável para um novo superciclo

A conjuntura atual não parece favorecer um novo superciclo de preços. A ascensão do tight oil de ciclo curto, os elevados estoques, a elevada capacidade ociosa da Opep+, as reservas provadas fora da Opep+, a ascensão do gás natural, de energias renováveis, veículos elétricos, investimentos em hidrogênio e pressões ambientais tornam um novo superciclo improvável.

Sobre a demanda global por petróleo

De acordo com o Ministério de Minas e Energia (MME), a demanda mundial por petróleo caiu 2,3 bilhões de barris em 2020 em relação a 2019. 

Essa queda e a intensificação de políticas ambientais podem reduzir permanentemente a demanda de petróleo no longo prazo, exigindo menos oferta ao longo dos anos, analisa o Plano Decenal de Expansão de Energia (PDE 2031), conforme divulgação do Ministério de Minas e Energia (MME).

Eletrificação de veículos

Conforme análise do Ministério de Minas e Energia (MME), as vendas de veículos elétricos dispararam na Europa com a introdução de diversos incentivos. 18 das 20 principais montadoras mundiais anunciaram metas para a produção de veículos elétricos

Contudo, o estoque de veículos a combustão interna tornará limitado o impacto na demanda de petróleo até a década de 2030, informa o Plano Decenal de Expansão de Energia (PDE 2031).

Investimentos e os veículos elétricos 

A infraestrutura de recarga exige investimentos elevados, o que, em conjunto com maiores preços de energia, pode adiar a disseminação de veículos elétricos em países emergentes. De acordo com o Ministério de Minas e Energia (MME), a demanda por baterias pode aumentar mais de sete vezes até 2030.

Projeções da IEA para a demanda tecnológica na produção de veículos elétricos

Mesmo considerando a construção de novas fábricas nos EUA, Europa e China, pode não haver capacidade produtiva suficiente para os cenários mais otimistas de veículos elétricos. A IEA projeta um aumento de quatro vezes na demanda mineral para tecnologias limpas até 2040.

5/5 - (1 vote)

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.