Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

7 estratégias de memória para estudantes

À medida que as provas se aproximam, os estudantes muitas vezes ficam sobrecarregados com a quantidade de informações de que precisam se lembrar. Isso vale quando se estuda para qualquer meta. Sim, a memória pode falhar ou dar aquele famoso “branco”.

De acordo com uma pesquisa norte-americana a revisão de informações 24 horas depois de aprendê-las faz aumentar a probabilidade de serem lembradas no longo prazo.

Quer ficar com a memória bem potente? Então confira a seguir sete sugestões de como melhorar a sua memória e favorecer seus estudos.

Classificar informações

Ajude seu sistema de recuperação de conteúdo, colocando novas informações separadas em categorias. Você pode agrupar por exemplo por datas, períodos, personalidades, eventos históricos, fórmulas ou então simplesmente por pequenos nichos da disciplina.

Revisão frequente dos materiais de estudo

De acordo com muitos professores, revisar cada matéria à medida que avançam no aprendizado.

Estudar novas informações no mesmo dia em que as ouviu ou leu melhorará significativamente a memória. Desse modo, uma revisão a cada dia, mesmo que rápida, é essencial se você tiver problemas de memória.

Use humor ou exagero

A saber, de acordo com especialistas, a informação permanece retida na memória por mais tempo se estiver relacionada a algo novo e interessante. Invente algo engraçado ou exagerado que combine com o que precisa ser memorizado. Será mais fácil certamente.

Explore os sentidos

Tente aprender a informação visual, verbal e cinestésica (com movimento) e descubra qual sentido funciona melhor para você. Algumas pessoas precisam combinar dois ou mais sentidos.

Leia mais – Estudos: Conheça estratégias de aprendizagem tátil

Código de cores

 

Usando canetas coloridas, marcadores de texto, post-its e bandeiras, cartões de índice, etc., você pode causar uma impressão em sua memória. Esta é uma forma de classificar as informações para armazenamento à medida que você atribui cores.

6. Faça recursos visuais

Faça desenhos, gráficos, tabelas, tabelas, cronogramas, etc. para auxiliar a memória. Os mapas mentais e flashcards são excelentes para essas expressões, que vão ajudar a sua memória nos estudos.

Mesmo figuras simples e desenhos são úteis se você for um aprendiz visual. Preste atenção às imagens, gráficos, etc. nos livros didáticos.

Leia mais – Dicas para usar flashcards no estudo para concursos

7. Estude em voz alta

O estudo com voz alta é uma ferramenta de memória eficaz. Estude com alguém ou use um gravador para dizer em voz alta o que precisa ser memorizado.

Aliás, de acordo com uma pesquisa, a leitura em voz alta pode ajudar a aprender mais rápido.

E então, gostou das dicas? Empregue-as já em sua rotina de estudos!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.