Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

5 filmes para estudar o Absolutismo Monárquico

Estudar o Absolutismo Monárquico: o uso de filmes

O Absolutismo Monárquico, devido às suas peculiaridades políticas e econômicas, é um dos modelos de governo mais cobrados pelos vestibulares e pelo ENEM.

Dessa forma, você precisa sempre revisar os principais tópicos que envolvem o assunto. E que tal fazer isso assistindo filmes?

5 filmes para estudar o Absolutismo Monárquico: confira aqui a lista!

Existem meios alternativos e muito eficazes de estudo, principalmente quando o tópico em questão é a história.

Um deles é o uso de filmes. Dessa maneira, o artigo de hoje separou cinco filmes que irão te ajudar nos seus estudos sobre o Absolutismo.

Ligações Perigosas

O filme realiza uma reconstrução da vida ociosa da nobreza francesa que vivia na Idade Moderna, época em que se inaugura o Renascimento. Além disso, a narrativa retrata também o jogo de sedução e sabotagem entre a Marquesa de Merteuil e o Visconde de Valmont, demonstrando muito sobre o pensamento das pessoas da época.

Carlota Joaquina, a Princesa do Brasil

Embora um pouco caricato, o filme retrata a princesa Carlota Joaquina desde a corte espanhola, em que vivia cercada de artistas e de festas, chegando ao seu casamento com D. João VI. Na corte portuguesa, ela passou a viver em um reino sem festas e diferente de seu costume, enquanto era governada por uma rainha louca e um príncipe covarde. O filme relata ainda a viagem da realeza portuguesa para o Brasil e o modo de pensar dos monarquistas lusitanos.

O Rei da Dança

O Rei da Dança é um filme que retrata a corte de Luís XIV, conhecido como Rei Sol, um monarca apaixonado por música e balé. Além disso, o filme mostra ainda a relação de Luís XIV com Jean-Baptiste Lully, compositor protegido do rei. O enredo trabalha também a relação ambígua que ocorria entre os membros da corte do Rei Sol. A obra  retrata também relação entre a devassidão dos monarcas e nobres que, ao mesmo tempo, pregando a moral cristã. 

Maria Antonieta

O filme retrata a história da princesa austríaca Maria Antonieta, que se tornou rainha da França ao casar-se com Luís XVI, monarca que seria decapitado pela Revolução Francesa. A obra retrata o modo de pensar dos monarcas absolutistas e o total descaso de Maria Antonieta com as classes mais pobres, concentradas no chamado Terceiro Estado.

Os fantasmas de Goya

Longe do luxo das festas e banquetes dos outros países da Europa no fim do século XVIII, a Espanha em sua plena realidade social é retratada em Os Fantasmas de Goya.

O filme mostra os contrastes que existiam na Espanha da Idade Moderna e coloca certa ênfase na vaidade dos reis e na terrível Inquisição Espanhola.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.