Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

REVOLUÇÃO FRANCESA: vai cair no ENEM

Revolução Francesa no ENEM

A Revolução Francesa é um tema muito cobrado nas provas do ENEM. Normalmente, esse tema se associa a outros, tanto dentro da própria História Geral, como dentro da História do Brasil e também dentro de outras disciplinas.

Dessa maneira, é fundamental que você revise esse assunto para garantir um bom desempenho na prova do ENEM que se aproxima.

Revolução Francesa: Resumo

Diversos fatores influenciaram o acontecimento da Revolução Francesa. Dentre os principais, podemos citar:

  • Influência do Iluminismo.
  •  Crise Econômica: gastos com a corte/ Guerra dos Sete Anos/ Guerra de independência dos EUA/ crise agrícola.
  • Crise Social: 1O estado: Clero / 2O estado: Nobreza   / 3O estado: Povo (burguesia, trabalhadores urbanos, camponeses, marginais).

O rei Luis XVI convoca a Assembléia dos Estados Gerais em maio de 1789. O 3O estado, indignados com a atual situação e a falta de preocupação do rei convocam uma reunião separada: a Assembléia Nacional Constituinte.

Em 1789, o povo e a burguesia pegam em armas. No dia 14 de julho, ocorre a Tomada da Bastilha. Em agosto do mesmo ano, instaura-se o Grande Medo, período em que muitas pessoas foram perseguidas e mortas. Proclama-se também a Declaração de direitos do homem e fim dos privilégios feudais.

Monarquia Constitucional (1789 –1791)

  • – Tropas de países absolutistas (Áustria e Prússia) invadem a França.
  • – Os franceses derrotam os invasores em Valmy.
  • – Luis XVI tenta fugir da França, mas é preso.

Convenção ( 1792-1794)

  • Girondinos: alta burguesia. (direita)
  • Jacobinos: pequena burguesia (Sans cullotes – esquerda)
  • Pântano: centralizados

– Hegemonia Jacobina na Convenção.

Robespierre:

– Lei do Máximo.

– Sufrágio universal (todos têm direito de votar).

– Execução de Luis XVI e de Maria Antonieta.

– Período do Terror: tribunal revolucionário. Diversas pessoas são mortas na guilhotina.

– 1794 queda do governo liderado por Robespierre (Golpe do 9 Thermidor e conseqüente morte de Robespierre).

Diretório (1795-1799)

– Governo exercido por cinco diretores girondinos.

– 1796: Revoltas: Jacobinas e Realistas.

– 1799: Golpe do 18 Brumário de LuÍs Bonaparte (Alta burguesia X Exército)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.