Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

5 dicas de como estudar língua estrangeira para o Enem 2020

A aplicação das provas do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2020 será nos dias 17 e 24 de janeiro (versão impressa) e nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro (versão digital). Desse modo, falta menos de um mês para o primeiro dia de provas e o ideal é revisar os assuntos estudados durante o ano. A reta final é um momento de relembrar os assuntos, mas sempre há uma ou outra matéria que precisa de maior atenção e treino. Para muitos, essa matéria é a de língua estrangeira.

Por isso, apresentamos abaixo algumas dicas para estudar língua estrangeira – que no Enem pode ser inglês ou espanhol – nos últimos momentos de preparação para o exame. Veja abaixo.

Como estudar língua estrangeira para o Enem?

Em primeiro lugar, é preciso conhecer o formato das questões de espanhol e de inglês. Então, analise as questões das provas dos anos anteriores. Assim, você se acostumará com o tipo de enunciado e de texto que o Enem costuma apresentar. São apenas cinco questões de língua estrangeira. Desse modo, é possível em apenas um dia, conferir questões de diversos anos. Aproveite esse momento para treinar. O treino é parte fundamental para aplicar os seus conhecimentos e ter um feedback do seu aprendizado, então responda as questões e faça exercícios, sempre conferindo a resposta no gabarito oficial.

Geralmente, o exame exige interpretação de textos e a compreensão dos enunciados. Desse modo, é de suma importância ler textos da língua estrangeira escolhida. Leia textos e estabeleça conexões entre o material que você está lendo, isso ajudará a entender melhor os textos no momento da prova. Além disso, mantenha contato constante com a língua estrangeira até o dia da prova, isso pode ser feito por meio de músicas, filmes, séries ou mesmo podcasts. 

Por fim, tenha atenção aos falsos cognatos. Os falsos cognatos são as palavras de duas línguas distintas que são semelhantes na forma fonética e ortográfica, mas que possuem diferentes sentidos. Desse modo, podem causar certa confusão na interpretação do texto, caso o candidato não esteja atento. Recomendamos que você confira as listas de falsos cognatos mais comuns entre o português e o idioma estrangeiro que você escolheu no momento da sua inscrição.

E aí? Gostou do texto? Então deixe aqui o seu comentário!

Leia O que fazer se “der um branco” na prova? Veja 3 dicas.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.