Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

WhatsApp autoriza pagamentos no Brasil em 2021; veja como será

Atenção, brasileiros! O Banco Central autorizou que o WhatsApp comece com o “iniciador de pagamentos”. Isso autoriza que usuários transfiram recursos entre si. Entenda como isso funciona.

Na prática, o WhatsApp ainda não possibilita a realização de pagamentos, porém está autorizado e deve oferecer a novo funcionalidade em breve.

O Banco Central afirmou que as operações poderão ser feitas assim que o WhatsApp liberar a nova funcionalidade. Os custos para transferência, de acordo com o BC, ficará a cargo do aplicativo de mensagens decidir.

Por outro lado, a instituição financeira acredita que a medida deve reduzir custos. “O BC acredita que as autorizações concedidas poderão abrir novas perspectivas de redução de custos para os usuários de serviços de pagamentos”, afirmou em nota à imprensa.

Ainda em evento nesta manhã o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, comentou que a aprovação do WhatsApp como iniciador de pagamentos aconteceria.

“Se eu tenho isso, o Whatsapp vai ser aprovado em breve para fazer pagamentos no Brasil. Vejo um casamento entre mídia social e o mundo de finanças, controladores tem de entender como regular, enfrentar e o que significa para competição na sociedade”

A autorização para arranjos de pagamentos também foram concedidas  à Visa e à Mastercard.

WhatsApp como iniciador de pagamentos

Na onda do Pix e do Open Banking, o WhatsApp como iniciador de pagamento de pagamentos seria mais uma funcionalidade do mercado financeiro. Na prática este novo sistema funcionária como intermediário entre os bancos e os consumidores.

Uma empresa que oferece o serviço de “iniciador de pagamento”, como o WhatsApp, poderia indicar para a instituição financeira a qual o cliente tem conta, que o “consumidor x” deseja fazer determinado pagamento para “lojista”. Essa prática poderia eliminar intermediários como o cartão de crédito.

O cliente não precisaria entrar no seu banco e realizar uma transferência, por exemplo, já que o WhatsApp assumiria esta função.

Em 2020, o Banco Central chegou a dizer que a medida permitiria a ampliação da abrangência do open banking. Outro fato é que o banco alegou que empresas que prestassem serviço apenas nesta modalidade, poderiam ter um processo de autorização de funcionamento mais rápido.

O BC ainda mencionou que qualquer empresa que seja autorizada a prestar o serviço de iniciador de pagamento, poderá também comandar transações por meio do Pix – um sistema de pagamento instantâneo que autoriza a transferência de recursos 24h, nos 7 da semana.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.