Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Veja quais são as datas do lançamento do PIX Troco e PIX Saque

Foram divulgadas as datas de quando as novas funcionalidades do PIX Saque e Troco irá entrar em vigor. Será a partir do dia 29 de novembro, onde será possível sacar dinheiro em espécie ou mesmo receber troco da mesma maneira em estabelecimentos comerciais e outros lugares de circulação pública.

Em relação ao PIX Saque, o cliente terá direito a realizar saques em qualquer ponto onde o serviço for ofertado, que vão desde comércios até caixas eletrônicos. Nessa modalidade, o correntista poderá apontar a câmera do seu celular para um QR Code, onde será possível realizar um PIX para a instituição financeira e retirar o troco em espécie.

Detalhes básicos do PIX Troco e Saque

Já se falou um pouco sobre a modalidade PIX Saque e, no que diz respeito ao PIX Troco, a função se forma um pouco distinta. Neste caso o cliente irá realizar uma transação que seja equivalente à soma da compra, recebendo a diferença como troco em espécie, ou seja, em dinheiro.

Nesse caso, o extrato do cliente irá especificar a parcela que ficará destinada para a compra e a quantia que irá ser sacada como PIX troco. Nas duas modalidades iremos ter limitações, como a transação de apenas R$ 500 durante o dia e de apenas R$ 100 entre o horário das 20h e 6h.

Os ofertantes desses produtos terão liberdade para definir limites mais baixos, que terão como critérios o perfil do cliente, localização, horário da operação e demais critérios de segurança.

Haverá cobranças de taxas?

Não haverá cobranças para pessoas físicas como também aos microempreendedores, desde que sejam feitas até oito transações mensais. Já para o comércio que oferecer até duas opções, terá direito a receber de R$ 0,25 a R$ 0,95 por cada transação, que também irá depender das negociações com bancos e demais instituições.

Em relação aos benefícios do PIX Troco e PIX Saque, as mudanças foram muito comentadas pela Diretoria Colegiada do Banco Central. Em nota, o BC informou que os estes serviços têm grandes potenciais e que serão refletidos para a sociedade.

A oferta do serviço também irá diminuir os custos do estabelecimento com gestão de numerário, além de aqueles serviços relacionados e oferecer uma maior segurança aos depósitos. Agora os estabelecimentos também irão ganhar um maior destaque.

Outras vantagens com as mudanças no PIX

Entre as vantagens que irão ser proporcionadas aos estabelecimentos, o Banco Central citou o aumento no fluxo de clientes e também as reduções de custos. Destaque para as ofertas de serviço flexível, além de um diferencial que irá oferecer maior competitividade.

Para os comerciantes que irão oferecer o serviço, as operações vão representar um aumento de tarifa que chegará até R$ 0,95 por transação. Quem irá pagar a tarifa será a instituição de relacionamento.

Os serviços não irão impulsionar que as pessoas continuem utilizando o dinheiro físico, mas sim que com as mudanças do PIX a digitalização financeira continue evoluindo no país, agregado à chegada do Open Finance, Open Banking e diversos esforços que foram feitos pelo Banco Central.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.