Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Vale-gás NACIONAL: Veja qual será o valor do retroativo de janeiro

Governo Federal já sabe quanto deve pagar de vale-gás tanto neste mês de dezembro como também no mês de janeiro

O Governo Federal começou oficialmente os pagamentos do vale-gás nacional nesta semana. De acordo com o Ministério da Cidadania, que é a pasta que responde por esses repasses, as liberações começaram exatamente nesta segunda-feira (27). Mas até aqui, apenas as pessoas que moram na Bahia e em Minas Gerais estão podendo receber o montante.

Isso dá algo em torno de 100 mil brasileiros. Todos os outros 5,4 milhões de usuários devem receber apenas no final do próximo mês de janeiro. Pelo menos é isso o que o próprio Ministério da Cidadania está dizendo. Mesmo com a distância para esses pagamentos, o fato é que já se sabe quanto o Governo vai pagar.

Pelas regras do vale-gás nacional, não há um valor fixo de repasse. A ideia é que o Governo pague sempre pelo menos a metade do preço médio do botijão de gás de 13kg que é definido pela Agência Nacional de Petróleo (ANP). Para este mês de dezembro, a liberação vai ser de R$ 52.

E para o mês de janeiro, esse deverá ser o valor também. É que independente de quanto for o preço médio do botijão no início do próximo ano, o fato é que as pessoas receberão lá o retroativo de dezembro. Então na prática, é como se elas estivessem recebendo o dinheiro que deveriam estar pegando agora.

Então fica decidido que os 100 mil que estão recebendo o vale-gás agora estão recebendo R$ 52, e os 5,4 milhões que irão receber em janeiro pegam R$ 52 também. É como se fosse um mesmo pagamento só que em datas diferentes. Pelo menos é isso o que o Ministério da Cidadania está explicando até aqui.

Por que demorou?

Uma série de situações acabaram fazendo com que o Governo Federal não cumprisse a sua promessa de pagar o vale-gás nacional para todos os usuários já neste mês de dezembro. Por isso, apenas uma parte vai receber agora.

Primeiro, o Congresso Nacional demorou mais de uma semana para aprovar a liberação de um crédito de R$ 300 milhões para esses pagamentos. Logo depois, o presidente Jair Bolsonaro demorou mais de 4 dias para sancionar. Com tudo isso, o tempo ficou apertado.

Como saber se vou receber?

De acordo com o Ministério da Cidadania, quem está no Cadúnico e mora nas cidades afetadas pelas chuvas na Bahia e em Minas Gerais pode saber se vai receber o benefício já agora através do app do Caixa Tem ou mesmo do aplicativo do Auxílio Brasil.

Para quem não mora nessas regiões, o método é o mesmo. Eles também irão precisar desses apps para descobrir. A diferença é que muito provavelmente eles terão que esperar mais para saber se conseguirão entrar.

Cadúnico faz diferença para o vale-gás?

O Cadúnico faz total diferença para entrar no vale-gás. Sem o nome nessa lista do Governo Federal fica impossível entrar no projeto. Então quem não está com o perfil atualizado por lá, provavelmente não vai conseguir a vaga.

Do mesmo modo, quem está no Cadúnico não está garantido no novo programa social. A tendência é que o Governo selecione apenas 5,5 milhões de pessoas para entrar no benefício. Em um nível de comparação, o Auxílio Brasil atende cerca de 14,5 milhões agora.

Avalie o Texto.

Veja o que é sucesso na Internet:

1 comentário
  1. Danilo Barbosa Da Diz

    Olha só eu gostaria de saber eu já fãs dois anos que fis meu cadastro único e até agora nunca recebi nada de auxílio Brasil e nem cartão bolsa família nem esse vale gás que vcs esta falando eu fui na cistencia social eles falaram que eu não venho prami nada de cartão bolsa família e auxílio Brasil isto todas horas vem mensagem prami no meu telefone eu pesso que não fica mais mandando mensagem prami que eu não tô Recebendo nada do governo não sei porque fica falando isso só pra emganar eu

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.