Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Quem veio do Auxílio Emergencial vai poder pegar o vale-gás?

Pessoas que estavam recebendo o Auxílio Emergencial até o último mês de outubro querem saber se poderão receber o vale-gás

O Auxílio Emergencial chegou ao fim ainda no final do último mês de outubro. Mas mesmo quase dois meses depois desse encerramento, o benefício em questão ainda é motivo de muitas discussões dentro do Governo Federal e também entre os seus antigos usuários. E motivos não faltam para isso.

Nas redes sociais, muitas das pessoas que foram beneficiárias querem saber se vai ser possível entrar em algum outro programa social. O vale-gás, por exemplo, poderia ser uma saída. Mas afinal de contas, aos indivíduos que vieram do Auxílio Emergencial poderão entrar neste novo projeto social do Governo?

A resposta é sim. Não há, pelo menos oficialmente, nenhum impedimento para que uma pessoa que veio do Auxílio Emergencial passe a receber o vale-gás nacional. Mas é bom que se diga que é preciso seguir todas as regras do novo programa. Caso contrário, não vai dar para receber nada.

Então não adianta ter feito parte do Auxílio Emergencial e não fazer parte do Cadúnico agora. Essa lista do Governo Federal é simplesmente a porta de entrada para o vale-gás nacional. Quem não está com o perfil atualizado, não vai ter chance de entrada, mesmo que seja uma pessoa que esteja precisando do dinheiro.

De acordo com o projeto do vale-gás nacional, para fazer parte do programa é preciso estar no Cadúnico e ter renda per capita de até meio salário mínimo. Além disso, eles também deixaram claro que irão dar preferência para as pessoas que fazem parte do Auxílio Brasil, que tenham renda per capita mais baixa e que possua uma família mais numerosa.

Pessoas que já eram do Bolsa Família

Vale lembrar que uma parcela dos usuários do antigo Auxílio Emergencial eram originários do Bolsa Família. Assim, quando o programa chegou ao fim, essas pessoas não ficaram sem nada. Elas voltaram para o seu projeto de origem.

Hoje, esses usuários estão recebendo o Auxílio Brasil. Então o que se sabe é que eles terão mais chances de entrar no vale-gás. Não há garantia disso. Mas esse é o público que está mais perto de entrar no novo benefício.

Pessoas que eram apenas do Auxílio Emergencial

Quem estava no Auxílio Emergencial e não estava no Bolsa Família, também tem uma chance de entrar no vale-gás nacional. Mas para isso, é preciso ter uma conta ativa no Cadúnico e ter renda per capita abaixo de meio salário mínimo.

Não para por aí. Além disso tudo, esse usuário também tem que torcer para entrar no Auxílio Brasil nesta primeira leva de inserções. Se isso acontecer, aí eles passam a ter uma chance de entrar no vale-gás nacional.

Pessoas que não possuem o Cadúnico

Quem estava no Auxílio Emergencial, mas não estava no Bolsa Família e nem no Cadúnico não vai ter chance nenhuma de entrar no vale-gás nacional. Pelo que se sabe até aqui, quem não tem esse cadastro não vai poder entrar.

Mas isso não é o fim da linha. Quem não tem Cadúnico, pode entrar em contato com a Prefeitura da sua cidade e pedir para entrar. E aí depois é preciso torcer para entrar no programa nos meses seguintes. De acordo com o Governo Federal, novas inserções serão feitas até 2023.

Avalie o Texto.

Veja o que é sucesso na Internet:

2 Comentários
  1. Edna Ferreira Diz

    Pelo jeito, quem não está no Auxílio Brasil, não vão receber vale- gás. Vão ficar só na promessa. Quando na verdade, outros grupos também foram citados, embora não se fala, nem saiu nenhum calendário para esses outros grupos. LAMENTÁVEL!!!

  2. Ivone Dias Diz

    Perdi meu benefício em outubro motivo não consegui recadastrar

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.