Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

URGENTE: Bolsa Família tem novo prazo

É importante que o beneficiário do Bolsa Família não perca os prazos para sacar os recursos disponíveis do Auxílio Emergencial residual. Todavia, se o cadastrado no programa não retirar o valor dentro do prazo pode perder o dinheiro do benefício.

A princípio, o prazo inicial para sacar os recursos era de 90 dias, agora o Governo Federal ampliou para 270 o prazo para o saque do Auxílio Emergencial residual.  A portaria foi publicada no Diário Oficial nesta quarta-feira (30).

A medida vale apenas para aqueles que estão cadastrados no Bolsa Família, o restante das pessoas que tem valores para receber do Auxílio Emergencial devem sacar dentro do período antigo.

A ampliação desta medida vale até o fim  do período de calamidade, que ainda não tem prazo para acabar.  A ação, de acordo com o Ministério da Cidadania, tem como intuito evitar filas e aglomerações dos beneficiários do Bolsa Família durante a pandemia do coronavírus.

O pagamento da  última parcela foi feito nesta terça-feira (29). 

Auxílio Emergencial não deve ser renovado, diz Bolsonaro

 

Em um passeio pela Praia Grande, no litoral paulista, Bolsonaro voltou a minimizar a pandemia. E afirmou que o endividamento do Governo Federal chegou ao limite. Com isso, o Auxílio emergencial não deve ser renovado nem para os beneficiários do Bolsa Família. Estes, se nada for alterado, devem voltar a receber o valor do benefício antes da pandemia.

“Sei que muitos cobram, querem coisa melhor e alguns esquecem até que estamos terminando um ano atípico, onde nós nos endividamos em R$ 700 bilhões para conter  a pandemia, para dar o auxílio emergencial para quem perdeu tudo. Os informais, em grande parte, perderam tudo, a renda foi zero. Querem que a gente renove o auxílio emergencial, mas a nossa capacidade de endividamento chegou no limite”, disse o presidente para uma pessoa que gravou o vídeo e divulgou na internet.

Na praia Bolsonaro também voltou a criar aglomerações. Além de segurar crianças e cumprimentar dezenas de pessoas que estavam no local. Muito apoiadores, entre eles idosos, não usavam máscaras. A estratégia que o presidente diz adotar agora é a mesma do início da pandemia. “Toca a vida”, disse a apoiadores.

O Brasil já registrou mais de 7,5 milhões de infectados pelo coronavírus e ainda 192,7 mil óbitos.

Por fim, os beneficiários do Bolsa Família podem contar com algum aumento do valor no ano que vem, porém tudo isso depende das medidas lançadas pelo Governo Federal.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.