Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Regras para uma escrita acadêmica eficaz

As experiências acadêmicas deixam algumas pessoas com a impressão de que boa escrita significa simplesmente escrita que não contém erros graves – isto é, nenhum erro de gramática, pontuação ou ortografia.

 No entanto, uma boa escrita é muito mais do que apenas correta. Uma boa escrita responde aos interesses e necessidades de seu público-alvo e, ao mesmo tempo, reflete a personalidade e individualidade do escritor (a voz do autor).

A boa escrita costuma ser tanto o resultado da prática e do trabalho árduo quanto do talento. Você pode ser incentivado a saber que a habilidade de escrever bem não é necessariamente um dom com o qual algumas pessoas nascem, nem um privilégio estendido a apenas alguns. Se você estiver disposto a se esforçar, pode melhorar sua redação.

Regras para uma escrita acadêmica e profissional eficaz

Ao escrever monografias ou demais trabalhos para a faculdade, ou se você seguir uma carreira como escritor profissional – seja como redator técnico, jornalista, redator ou outro – se seguir estas regras estabelecidas para uma redação eficaz, você deverá ser capaz para se destacar, ou pelo menos ter um desempenho competente para qualquer tarefa:

  • A boa escrita tem um propósito claramente definido.
  • Faz um ponto definitivo.
  • Ele apoia esse ponto com informações específicas.
  • As informações estão claramente conectadas e organizadas.
  • As palavras são adequadas e as frases são concisas, enfáticas e corretas.

Embora ter um domínio de gramática, ortografia e pontuação adequados não faça de você um bom escritor, esses princípios básicos são mais essenciais para a escrita acadêmica e profissional do que a maioria dos outros gêneros (embora a publicidade seja muitas vezes um híbrido curioso de escrita criativa e não-ficção)

O truque para criar uma redação acadêmica ou profissional que alguém realmente queira ler é equilibrar os fundamentos mencionados acima com sua própria voz.

Pense em sua escrita, não importa o quão acadêmica seja sua parte em uma conversa . Seu trabalho é explicar as informações que você está tentando transmitir de uma forma clara e de fácil compreensão. (Às vezes, ajuda imaginar que você está falando em vez de escrevendo.)

Não deixe de ler também – 5 pontos de atenção para melhorar a escrita

Avalie o Texto.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.