Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Tesouro Direto – Entenda Essa Opção de Investimento

Entenda melhor o que é o Tesouro Direto

Ficou muito popular nos últimos anos o investimento no Tesouro Direto, no entanto, será que vale a pena tirar o seu dinheirinho da segurança da poupança para arriscar em outro investimento? Essa pergunta é quase uma retórica, pois, primeiramente tudo depende do seu objetivo e do seu perfil como investidor. 

Muitas pessoas entendem que deixar o dinheiro na poupança pode ser uma perda, uma vez que ao investir em outras linhas aumenta suas chances de ganhar. Ao passo que outras pessoas entendem que deixar o dinheiro guardado é um ganho, já que sair da poupança é correr riscos, e as duas lógicas estão corretas.

Por isso, é necessário que entenda o seu perfil de investidor e estude detalhes sobre o investimento antes de arriscar.

O Tesouro Direto é o primeiro passo para quem deseja sair da poupança, ou diversificar. Haja vista que é uma aplicação financeira que permite o resgate a  qualquer momento (dentre outras opções).

Primeiramente, se você pretende investir no tesouro direto deve amparar o seu orçamento pessoal, assim como em qualquer outro investimento. 

Por isso, é importante que tenha um planejamento financeiro pessoal equilibrado. Aliás, esse é um requisito para que possa cuidar da sua vida em qualquer vertente, mesmo que deseje apenas iniciar uma poupança. A ideia do investimento é que ele renda juros para que, como as pessoas falam, o dinheiro trabalhe para você.

Então, é importante analisar o mercado, a situação atual e manter os pés no chão para não aplicar muito e acabar perdendo.

Juros compostos a seu favor!

Quando você pega dinheiro emprestado com um banco você adquire uma dívida, e paga juros. No entanto, quando você aplica seu dinheiro no Tesouro Direto, você empresta dinheiro ao governo, é como se fosse ao contrário, por isso você recebe os juros. Esses são os juros compostos a seu favor e não contra você. Por isso, essa ideia é bastante atrativa.

No entanto, é importante analisar um investimento e o cenário, pois, para quem não conhece muito de investimento, ou conhece, mas possui um perfil menos arriscado, o Tesouro Direto tem sido uma das primeiras opções.

O Tesouro Direto e mercado de renda fixa

O Tesouro Direto é um programa criado pelo Tesouro Nacional. Este programa permite que qualquer pessoa portadora de um CPF invista em títulos públicos. 

Esse investimento pode ser feito pela internet, e o melhor, o valor é a partir de R$ 30,00. Por isso, é um investimento que tem se popularizado muito, pois para não deseja arriscar muito, pode começar investindo qualquer valor a partir de R$ 30,00 para que possa entender a lógica do Tesouro Direto. Como se fosse um estudo sobre investimentos na prática.

Investimento em título público

O investimento em título público tem o nome de investimento de renda fixa. Isso porque na hora de investir você já vai conhecer a regra da rentabilidade até o final do período do seu investimento.

 Ou seja, você já vai ter o percentual daquele investimento. Sendo assim, é o que diferencia dos ativos de renda variável, quando não há uma regra para definir o percentual de rentabilidade. 

Simule seu investimento

O site do Tesouro Direto permite que você faça simulações  sobre o investimento. Acesse neste link e conheça um pouco melhor sobre essa opção que tem sido bastante aderida pelos brasileiros. Importante que conheça as opções e como funcionam para que possa diversificar seus investimentos com conhecimento e riscos calculados. 

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.