Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

SAIU O CALENDÁRIO OFICIAL! PIX CAMINHONEIRO vai pagar R$1.000; veja TODAS as datas

Governo Federal divulgou o calendário detalhado com as indicações de todos os pagamentos do programa Pix Caminhoneiro

O Governo Federal divulgou oficialmente o calendário de pagamentos do programa Pix Caminhoneiro. Trata-se de um voucher de R$ 1 mil que será pago aos motoristas de caminhão entre os meses de agosto e dezembro deste ano. A expectativa é de que os repasses comecem oficialmente já no próximo dia 9.

Veja as datas das liberações:

1ª Parcela: 9 de agosto;
2ª Parcela: 9 de agosto;
3ª Parcela: 24 de setembro;
4ª Parcela: 22 de outubro;
5ª Parcela: 26 de novembro;
6ª Parcela: 17 de dezembro.

Note que os primeiros dois pagamentos estão marcados para acontecer em uma mesma data. A PEC dos Benefícios indica que o Governo Federal precisa realizar seis depósitos entre os meses de agosto e dezembro. Como sobram apenas cinco meses no ano, então o Ministério precisa liberar um repasse duplo, que neste caso acontecerá em agosto.

Segundo informações do Governo Federal, não é necessário se inscrever para fazer parte do Pix Caminhoneiro. O Ministério do Trabalho explica que o processo de seleção acontecerá de forma automática. Para tanto, eles lançarão mão das informações obtidas na Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT).

O sistema será semelhante ao que se observa hoje no Auxílio Brasil. A diferença é que ao invés de analisar os dados do Cadúnico, a pasta usará os dados da ANTT. O Ministério indica que não aceitará novas inscrições e que se baseará apenas nas informações que já estavam dispostas desde o último mês de julho deste ano.

A expectativa é que o Governo selecione pouco mais de 900 mil caminhoneiros para o recebimento do benefício social. Cada um deles poderá receber R$ 1 mil por mês.

Aumento do diesel

Esta é a primeira vez que o Governo Federal prepara um programa de transferência de renda para os motoristas de caminhão. A ideia não é nova e está sendo ventilada dentro do Palácio do Planalto desde o final do ano passado, segundo informações de bastidores.

Contudo, o Governo sempre teve uma certa dificuldade para tirar o programa do papel, considerando que ele acaba gerando protestos de trabalhadores de outras categorias, que também estavam precisando de ajuda por causa do aumento do diesel.

Informações de bastidores dão conta de que o auxílio é direcionado aos caminhoneiros porque há um temor de que a categoria inicie uma nova greve, como a que aconteceu em 2018. A avaliação é de que a paralisação poderia trazer danos para a economia.

Além do Pix Caminhoneiro

O programa Pix Caminhoneiro faz parte da lista de mudanças propostas pela PEC dos Benefícios. O texto já foi oficialmente aprovado no Senado e na Câmara dos Deputados. A promulgação no Congresso aconteceu há duas semanas.

Além do Pix Caminhoneiro, o Governo sinaliza também para os pagamentos do auxílio-taxista, que ainda não tem valor definido. Estima-se que o novo programa social pague até R$ 1 mil por mês para os motoristas de táxi.

Por fim, a PEC dos Benefícios também prevê repasses para as pessoas que fazem parte da folha de pagamentos de programas sociais já existentes. São os casos do Auxílio Brasil, que subirá de R$ 400 para R$ 600, e do vale-gás nacional, que será elevado de R$ 53 para R$ 120.

Avalie o Texto.
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.