Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

5/5 - (1 vote)

Recrutamento e seleção: alinhamento de perfil e a cultura da empresa 

O setor de recrutamento e seleção deve planejar o alinhamento de perfil e analisar a cultura da empresa. Veja pontos estratégicos!

Um processo de recrutamento e seleção envolve diversos fatores e pode ser faseado de acordo com a necessidade da empresa. Por isso, é importante que a área de recrutamento e seleção tenha clareza sobre as necessidades internas.

O setor de recursos humanos nasceu de uma necessidade evolutiva de amparar as necessidades dentro do setor de trabalho. Sendo assim, o R&S é uma área que está em constante evolução, tal como o mercado de forma geral, tanto para as empresas como para os candidatos.

Recrutamento e seleção: alinhamento de perfil e a cultura da empresa 

Dessa forma, é importante que uma empresa defina o seu processo de recrutamento e seleção para que tenha um fluxo positivo com bases sólidas, de maneira que eleve as suas chances de realizar uma contratação efetiva. Bem como, de forma que o candidato não se sinta desrespeitado, seja de maneira direta ou indireta.

É importante que a área de recrutamento e seleção de uma organização, ainda que seja uma empresa de pequeno porte, faça o mapeamento do perfil junto ao gestor da área para que possa atuar estrategicamente, selecionando perfis correlatos. Todavia, esse alinhamento não deve ser feito apenas com o gestor da empresa, ele deve ser compatível com a cultura empresarial.

O processo começa antes da entrevista de emprego

Por isso, o processo de recrutamento e seleção começa no processo administrativo; já que a gestão de uma empresa deve corroborar a sua cultura e nunca ser contrária. É comum que em grandes empresas funcionários desligados relatem em entrevistas de desligamento que sentem que a empresa não possui uma única cultura. Sentem como se se o seu antigo setor de trabalho “falasse uma língua” e as demais áreas, “outras línguas”, impossibilitando uma comunicação sadia.

Isso acaba trazendo predileção por determinados gestores e aversão a outros; o que impacta no plano de carreira interno, já que, quando a empresa tem uma cultura confusa, alguns funcionários não querem ser promovidos para não serem obrigados a mudar de equipe; o que não é nada produtivo falar todos os envolvidos.

Reveja a cultura hierárquica 

Por isso, é muito importante que o processo de recrutamento e seleção da gestão seja feito considerando a operacionalização dos fluxos e a cultura empresarial; Já que ocorre o repasse dessa cultura aos novos contratados. 

Portanto, independentemente do nível hierárquico da vaga, o alinhamento de perfil precisa começar por quem tem voz de comando, posteriormente, esse alinhamento deve ser feito com os gestores para que os novos contratados possam entrar na empresa de maneira alinhada. Assim sendo, todos alcançam o objetivo da empresa e também essa é uma maneira de gestão de conflitos, o que é inerente à convivência humana.

Considere os feedbacks dos desligados

Por isso, é fundamental que o recrutamento e seleção seja feito considerando os feedbacks dos desligados; caso a empresa atue através desse tipo de entrevista, e a cultura empresarial atual. Além disso, também é possível que a empresa a modifique a sua cultura; indo de uma cultura tradicional que possui um rigor excessivo, para uma cultura mais aberta e participativa.

No entanto, essa mudança deve ser feita dentro de determinado faseamento e alinhamento através de diversas campanhas internas, e não de forma compulsória, já que nenhuma cultura pode ser imposta, e sim, repassada.

5/5 - (1 vote)

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.