Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

1/5 - (1 vote)

Quem não entrou no Auxílio Brasil de R$400 poderá baixar o aplicativo. Veja!

De acordo com o Governo Federal, app funciona também para as pessoas que ainda não entraram no Auxílio Brasil

Para consultar a situação de uma conta no Auxílio Brasil, o caminho é o mesmo para todo mundo: o aplicativo oficial do programa. Por lá, o cidadão consegue se informar sobre uma série de pontos importantes sobre o seu perfil no benefício. E segundo o Governo Federal, a opção em questão funciona não apenas para quem já está na folha de pagamentos.

De acordo com o Ministério da Cidadania, as pessoas que ainda não conseguiram entrar no programa, também podem baixar o app e consultar as suas informações básicas. Essa é uma função que é válida principalmente para os indivíduos que estão no Cadúnico e que esperam pela seleção de entrada no benefício.

O Ministério da Cidadania explica que esses brasileiros podem baixar o app em qualquer loja oficial de aplicativos do celular. Logo depois, eles precisam inserir os seus dados básicos de login. Pronto. Por lá, o cidadão conseguirá saber quando e se conseguirá entrar na folha de pagamentos do Auxílio Brasil.

E não é a única funcionalidade. Ainda segundo a pasta, o cidadão também conseguirá saber se entrará ou não em outros programas sociais, como o próprio vale-gás nacional, por exemplo. O benefício em pauta também é gerido pelo Ministério da Cidadania. Uma mesma pessoa pode acumular os dois projetos.

Para quem já está dentro da folha de pagamentos, o uso do app também é importante. O Governo Federal explica que os cidadãos podem usar o aplicativo para confirmar a situação do seu perfil e saber quanto ganharão no Auxílio Brasil. Vale sempre lembrar que os valores dos repasses variam a depender da pessoa.

Quem tem direito ao Auxílio Brasil

O Governo Federal deverá realizar o sexto pagamento do Auxílio Brasil já a partir do próximo dia 14 de abril. Desde o início dos repasses ainda no final do ano passado, as regras para o programa não mudaram.

De acordo com o Ministério da Cidadania, segue valendo a ideia de que eles selecionam apenas as pessoas que estão dentro do Cadúnico e que tenham renda per capita menor do que o limite exigido pelo Governo.

Quem tem renda per capita que varia entre R$ 0 e R$ 105 se encontra oficialmente em situação de extrema-pobreza. Nesse caso, os cidadãos podem receber o Auxílio Brasil independente de qualquer outra informação.

As pessoas que possuem renda per capita que varia entre R$ 106 e R$ 210 também podem ter direito ao Auxílio Brasil. No entanto, neste caso, eles precisam estar morando com uma gestante ou ao menos um menor de 21 anos de idade.

Novo aplicativo

Na última semana, o Governo Federal lançou um novo app para consulta de informações do Cadúnico. O dispositivo trata-se apenas de uma atualização do sistema antigo. Segundo o Ministério da Cidadania, o aplicativo está mais moderno.

O app já está disponível para download. Com ele, o cidadão consegue conferir os seus dados básicos do Cadúnico e iniciar o processo de inscrição na lista do Governo Federal. A aplicação pode ser baixada gratuitamente.

1/5 - (1 vote)

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.