Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Prorrogação do auxílio emergencial até 2022

A intenção é amparar os beneficiários com a implementação do Auxílio Brasil. Entretanto, a equipe técnica do governo está encontrando dificuldades em encaixar a reestruturação do Bolsa Família no Orçamento da União.

Em breve o Auxílio Emergencial será encerrado. Com os depósitos da sétima parcela do programa já próximos, o Governo Federal estuda maneiras de atender a população após o encerramento do coronavoucher.

A intenção é amparar os beneficiários com a implementação do Auxílio Brasil. Entretanto, a equipe técnica do governo está encontrando dificuldades em encaixar a reestruturação do Bolsa Família no Orçamento da União.

Isso porque, o novo projeto terá um custo maior aos cofres públicos. O Governo pretende ampliar a cota média do programa para R$ 300. Além disso, 2 milhões vagas serão abertas para contemplar novas famílias, além das 14,6 milhões atendidas atualmente pelo Bolsa Família. A expectativa é que passe a valer a partir de novembro.

Por isso, a equipe estuda a possibilidade de uma nova prorrogação para o Auxílio Emergencial. Vale ressaltar que o benefício seria encerrado em julho deste ano, porém, devido ao plano de vacinação contra a Covid-19, novas três parcelas foram concedidas.

Possibilidade de uma nova rodada do Auxílio Emergencial

Devido as inconsistências encontradas no orçamento do Auxílio Brasil, parlamentares vem pressionando o Governo Federal a uma nova prorrogação do Auxílio Emergencial. Em justificativa, eles alegam que seria uma medida de segurança para os cidadãos impactados com os efeitos da pandemia.

Diante disso, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que é preciso amparar aqueles que ainda não retornaram ao mercado de trabalho. “Temos um país rico e podemos atender aos mais necessitados por mais algum tempo”, disse o presidente em seu discurso durante um evento no interior da Bahia.

Contudo, cabe salientar que a equipe econômica, chefiada pelo ministro Paulo Guedes, está buscando possíveis soluções para viabilizar o orçamento do Auxílio Brasil. Dentre as propostas, está a arrecadação sobre a Reforma do Imposto de Renda e a PEC referente aos pagamentos de precatórios.

O Presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), falou pela primeira vez sobre uma possível prorrogação do Auxílio Emergencial. Em entrevista, ele evitou cravar que é isso o que vai acontecer com o programa. No entanto, ele deixou claro que essa é sim uma possibilidade neste momento.

“Isso tem sido colocado, vamos discutir todas essas hipóteses, isso tudo pode ser debatido”, disse o Senador para jornalistas. Ele também evitou dar qualquer tipo de prazo neste momento. Se limitou a dizer que esse é um assunto que está sendo analisado pelo Congresso Nacional e pelo Governo Federal neste momento.

Auxílio emergencial tem uma pausa nesta quinta, 07 de outubro

Conforme uma notícia exclusiva do Notícias Concursos, nesta quinta-feira, 07 de outubro, não haverá pagamentos do auxílio emergencial. Segundo o cronograma de saques do benefício, divulgado pela CAIXA, a 6ª parcela terá uma pausa nos saques hoje. O banco já fez, até agora, a liberação de nada menos que quatro lotes de saques.

Ou seja, os nascidos nos meses de janeiro, fevereiro, março e abril já receberam o valor em espécie.

Está confirmado, no entanto, a volta da 6ª parcela na próxima sexta-feira, 08 de outubro. Na ocasião, está confirmado que os nascidos em maio poderão ter acesso aos recursos em espécie.

O banco vai liberar o benefício em espécie para os trabalhadores informais inscritos no auxílio via site ou CadÚnico. O depósito para esse grupo aconteceu no dia 25 de setembro.

Veja também: NOVA prorrogação do auxílio emergencial recebe mais um apoio

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

1 comentário
  1. DalterLS Diz

    Ainda vale a pena trabalhar nesse país?

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.