Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

3.7/5 - (20 votes)

Programa Casa Verde e Amarela: veja quais os requisitos para ser aceito

Saiba mais detalhes sobre o substituto do Minha Casa, Minha Vida

O Governo Federal lançou o programa Casa Verde e Amarela que beneficia milhares de pessoas.

Então, esse programa de habitação popular é o substituto do Minha Casa, Minha Vida. Aliás, uma das principais diferenças entre os programas é a redução das taxas e juros. A promessa do governo é beneficiar mais de um milhão de famílias brasileiras a realizar o sonho da casa própria.

Hoje separamos algumas informações para que você veja quais os requisitos para ser aceito e receber o benefício.

Diferença entre o Minha Casa, Minha Vida e o Casa Verde e Amarela

O programa Minha Casa, Minha Vida foi criado com o intuito de produzir moradias para a população mais pobre do país. Enquanto, o programa Casa Verde e Amarela é do governo atual.

Então, possui algumas diferenças principais. Como a regularização fundiária e a atualização e melhoria na produção de moradias financiadas.

Além disso, a faixa de renda per capita também mudou para aquisição da Casa Verde e Amarela. A tabela de taxas e juros foram modificadas. Isto é, variam de acordo com a faixa salarial do brasileiro e a localização onde o imóvel será comprado.

Por que se candidatar ao Casa Verde e Amarela?

Um dos principais benefícios que o cidadão que adere ao programa recebe, é a chance de ter uma casa própria. Dessa maneira, poder se livrar do pagamento constante de aluguel.

Portanto, essa pode ser uma excelente chance para aquisição de moradia própria. Visto que as condições e juros atuais para aquisição de imóvel está bastante elevada, assim, dificultando o acesso da população mais pobre.

Além disso, o beneficiário do programa recebe auxílio do governo, pois parte do valor do imóvel será pago pela União.

Dessa forma, essa medida facilita ainda mais a realização desse sonho do brasileiro, sem comprometer a renda familiar.

Como o programa funciona?

A promessa inicial é de que o governo financie, de maneira mais simples, e com redução de juros moradias para milhões de cidadãos.

O Casa Verde e Amarela divide a população em três grupos, e o critério para essa divisão é a renda per capita da família.

Veja a seguir como fica esse agrupamento:

  • O primeiro grupo será formado por cidadãos com uma faixa de renda de até 2 mil reais;
  • Enquanto, o grupo 2 é de brasileiros com renda entre 2 e 4 mil reais;
  • Por último, o terceiro grupo é formado por brasileiros que possuam renda entre 4 e 7 mil reais.

Cada grupo tem condições específicas na hora de realizar o financiamento do imóvel. Dessa forma, o governo pretende atingir um número maior de brasileiros, além de ampliar e melhorar o setor de construção civil.

Como realizar o cadastro no programa?

Segundo a Caixa Econômica Federal, os cidadãos que pertencerem a qualquer grupo, ou seja, com renda de até 7 mil reais, poderão fazer seu pedido individualmente.

Aliás, podendo até mesmo realizá-lo através da construtora ou por uma organização que tenha vínculos com empreendimentos que tenham a possibilidade de financiamento por uma entidade financeira do setor público.

Após realizar o pedido, a Caixa irá averiguar e o cidadão terá acesso a todas as condições para realizar um financiamento.

Feito isso, será necessário aguardar até obter uma resposta do banco, para então assinar o contrato e começar a construção ou adquirir seu imóvel pronto.

Quais os documentos necessários para realizar o cadastro?

Se você se encaixa em um desses grupos e deseja obter o subsídio do governo para financiamento de imóvel através do programa Casa Verde e Amarela, será necessário se encaminhar até a Caixa, portando os seguintes documentos:

  • Comprovante de renda;
  • Documentos de identidade e CPF;
  • Certidão de nascimento, caso seja solteiro;
  • Certidão de casamento, se tiver um cônjuge;
  • Certidão de casamento com averbação de divórcio, se for esse o caso;
  • Comprovante de residência;
  • Extrato do Imposto de Renda.

Se você for autônomo e não possuir holerite, será necessário o extrato de sua conta bancária. Com todos esses documentos em mãos, vá até uma agência da Caixa mais próxima de você e obtenha mais informações para fazer seu cadastro.

Agora que você já sabe mais sobre o programa Casa Verde e Amarela, pesquise mais a respeito. Então, veja se você pode ser beneficiado com o subsídio do governo e conquiste o sonho da casa própria.

3.7/5 - (20 votes)
1 comentário
  1. Edson barros Diz

    Gotaria de obter minha casa amarela e verde.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.