Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Planejamento Financeiro e Suas Metas Pessoais

O planejamento financeiro deve considerar suas necessidades imediatas e suas metas pessoais em longo prazo. Veja dicas relevantes!

Planejamento financeiro pessoal e controles diversos 

O planejamento financeiro pessoal é uma ferramenta que pode modificar sua relação com o dinheiro. Além disso, através de um planejamento financeiro é possível que você direcione seus objetivos pessoais e alcance suas metas em curto, médio e longo prazo.

Faça um análise sobre a sua situação orçamentária

Por isso, você pode realizar um planejamento financeiro, independentemente de como está a sua situação orçamentária no momento, para que consiga atender a sua demanda imediata e direcionar valores para outros objetivos.

 No entanto, para que você alcance esses resultados é necessário que tenha clareza sobre a sua situação financeira atual. Sendo assim, essa clareza ocorre por meio de um mapeamento dessa situação.

 Separe os seus custos variáveis e seus custos fixos

 Entender quais são seus custos variáveis é fundamental, pois são os custos referentes aos seus hábitos, da mesma forma é importante separar seus custos fixos. Uma vez que são contas que impreterivelmente deverão ser pagas, por exemplo, o consumo referente ao fornecimento de água, energia elétrica, internet, telefone, aluguel etc.

Trocas viáveis e novos hábitos de consumo 

 No que diz respeito aos seus custos fixos, você pode verificar o que pode modificar na sua rotina. No entanto, você não precisa realizar  mudanças radicais, pois pequenas mudanças já podem ser resolutivas considerando um longo prazo.

Por exemplo, você pode trocar um cartão de crédito tarifado por um cartão de crédito sem anuidade, bem como, é possível que verifique outras trocas parecidas, como a conta corrente. Uma vez que as fintechs oferecem o cartão de crédito sem anuidade e a conta corrente totalmente isenta de tarifas.

Alimente o hábito de poupar 

Sendo assim, neste exemplo, você não abdica de serviços bancários de qualidade, ao passo que consegue direcionar os valores economizados para uma poupança, ainda que você tenha esses valores como muito básicos e, portanto, irrisórios. 

 É importante que você entenda que esse valor economizado precisa ser visto como simbólico. Já que o seu foco inicial dentro de um planejamento de finanças pessoais deve ser analisar seus hábitos.

Viabilize uma reserva de emergência e estabeleça outros objetivos

Por isso, ao alimentar o hábito da poupança, naturalmente você irá questionar o seu comportamento de compra e poderá direcionar valores, primeiramente para uma reserva de emergência. 

Posteriormente, para os seus outros objetivos estabelecidos em curto, médio e longo prazo. Por isso, é importante que você tenha foco, disciplina e constância para viabilizar esse controle.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.