Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

3.7/5 - (3 votes)

Pix: uma ferramenta diferenciada, prática e segura 

O Pix é a ferramenta de pagamento instantâneo brasileiro. Confira mais detalhes que tornam a ferramenta diferenciada, prática e segura!

Conforme informações oficiais do Banco Central, o Pix é a ferramenta de pagamento instantâneo brasileiro. Sendo assim, trata-se de um meio de pagamento criado pelo Banco Central (BC) em que os recursos são transferidos entre contas em poucos segundos, a qualquer hora ou dia, sendo um diferencial.

Pix: uma ferramenta diferenciada, prática e segura 

Por isso, o BC define que o Pix é prático, rápido e seguro. Além disso, o Pix pode ser realizado a partir de uma conta corrente, conta poupança ou conta de pagamento pré-paga.

Chave Pix

 O Banco Central, em seu site oficial, informa que a chave é uma espécie de ‘apelido’ utilizado para identificar a sua conta. Sendo assim, a chave representa o endereço da sua conta no Pix, define o BC.

Os quatro tipos de chaves Pix que você pode utilizar são:

  • CPF/CNPJ;
  • E-mail;
  • Número de telefone celular; ou
  • Chave aleatória.

 Conforme informa o Banco Central, a chave vincula uma dessas informações básicas às informações completas que identificam a conta transacional do cliente (identificação da instituição financeira ou de pagamento, número da agência, número da conta e tipo de conta).

Registro das chaves 

O Banco Central informa que o cliente poderá realizar o registro das suas chaves por meio de um dos canais de acesso da instituição em que você possui conta, inclusive aplicativo instalado em seu smartphone.

Mecanismos de segurança 

O BC relata que o Pix conta com diversos mecanismos de segurança, alguns dos quais desenvolvidos com exclusividade para essa inovação:

Além disso, a identidade do pagador é digitalmente autenticada, por senha, token, reconhecimento biométrico, ou outro método de segurança adotado pela instituição de relacionamento, ante qualquer pagamento ou transferência;

Os dados das transações do Pix transitam criptografados na Rede do Sistema Financeiro Nacional, sendo um ponto relevante para a segurança do Pix. Visto que é uma rede de dados operada pelo Banco Central e extremamente segura e eficiente.

Facilidade nas transações 

De forma geral, o Banco Central enfatiza que qualquer transação de pagamento pode ser feita por Pix, independentemente de suas características, como valor, característica do recebedor, característica do bem ou serviço comprado, horário etc. 

Assim sendo, o BC ressalta que o Pix serve para realizar transferências entre pessoas, pagamento de taxas e impostos. Bem como, para compra de bens ou serviços, inclusive no comércio eletrônico, pagamento de fornecedores e qualquer outra transação podem ser feitas por meio do Pix, conforme citamos anteriormente.

Portanto, o Banco Central define que a única condição para que a operação se concretize é que o recebedor aceite o Pix. Por tantas facilidades, o Pix é uma inovação prática e dinâmica, que otimiza o fluxo do comércio e do cliente final. 

3.7/5 - (3 votes)

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.