Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

5/5 - (1 vote)

Planejamento financeiro: adaptações e modificações de hábitos 

É muito importante que faça um planejamento financeiro e direcione adaptações para que alcance suas metas pessoais. Veja dicas!

É muito importante que faça um planejamento financeiro, visto que planejar suas finanças  permite viabilizar uma poupança e facilita o alcance de seus objetivos pessoais. 

Planejamento financeiro: adaptações e modificações de hábitos 

Entretanto, é relevante que você direcione o seu planejamento financeiro, viabilizando uma poupança por meio de adaptações periódicas de suas metas. 

Separe os gastos fixos e variáveis

Primeiramente, para que o seu planejamento financeiro seja assertivo, é importante que faça uma separação de seus gastos fixos e variáveis, categorizando-os por ordem de relevância. Assim sendo, obterá maior clareza sobre as ações oriundas do seu planejamento. 

São denominados gastos fixos os gastos referentes à manutenção da sua rotina, como fornecimento de água, energia elétrica, telefone, plano de saúde, supermercado, internet, aluguel etc. Já os demais gastos são variáveis.

Faça trocas na sua rotina

Posteriormente, é importante que se adapte as opções possíveis para economizar, visto que é possível realizar algumas trocas na sua rotina. Por exemplo, você pode trocar um cartão de crédito tarifado por um cartão sem anuidade, visto que essa é uma forma de obter economia sem abdicar do produto bancário.

Assim sendo, você pode trocar uma assinatura de tv a cabo por uma assinatura de streaming, dentre outras possibilidades, como a troca de conta corrente tradicional por uma conta digital. 

Reforce hábitos saudáveis financeiramente

Pois, o mais importante é que você reforce hábitos saudáveis financeiramente, evitando compras por impulso e poupando naturalmente. 

Além disso, é importante que questione os seus hábitos de consumo. Dessa forma, você pode evitar compras por impulso e direcionar os valores economizados para a sua poupança.

Centralize seus gastos

Além disso, é importante que você centralize seus gastos em um único cartão de crédito e lembre-se de que cartão de crédito não é uma renda extra, por isso, esses gastos devem estar dentro da sua rotina.

Conceitue a poupança como um hábito

Caso você esteja com valores elevados no cartão de crédito, verifique a possibilidade de financiamento, porém, é importante que não utilize o cartão por um período, para que não perca o controle novamente, sendo assim, essa é uma observação importante no seu planejamento financeiro.

Portanto, conceitue a poupança como um hábito. Visto que ao direcionar valores para a poupança sempre que você gerar uma economia, estará estimulando novos hábitos pessoais. No entanto, ainda que encontre dificuldades para modificar seus hábitos, não desista de direcionar suas finanças. Visto que esse processo requer disciplina e pode ocorrer de forma não linear. 

5/5 - (1 vote)
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.