Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Pix Saque e Pix Troco: otimização dos fluxos financeiros 

O Pix Saque e o Pix Troco são produtos do Banco Central do Brasil (BCB) que otimizam os fluxos financeiros por diversas vertentes. Saiba mais!

Conforme informações oficiais do Banco Central do Brasil (BCB), o Pix Saque permite que os clientes realizem saques nos pontos autorizados pela instituição, já o Pix Troco permite que o cliente realize uma compra, considerando o troco em espécie. 

Pix Saque e Pix Troco: otimização dos fluxos financeiros 

Sendo assim, o Pix Saque é oferecido amplamente em estabelecimentos comerciais, redes de caixas eletrônicos e canais de autoatendimento próprios das instituições participantes.

Pix Troco: mais dinheiro em espécie circulando

No Pix Troco, a diferença é que o saque de recursos em espécie pode ser feito durante uma transação. Sendo assim, basta que o cliente faça um Pix com o valor acima da compra, considerando o saque que será disponibilizado.

O limite estabelecido pode ser flexível de acordo com as regras de cada instituição

Conforme informa o Banco Central do Brasil (BCB), o limite máximo das transações do Pix Saque e do Pix Troco é de R$ 500,00 durante o dia, e de R$ 100,00 no período noturno, considerado entre as 20h e 6h.

No entanto, o Banco Central do Brasil (BCB) informa que há opção para que os ofertantes dos novos produtos do Pix trabalhem com limites inferiores a esses valores, de acordo com suas próprias análises.

Tarifas

Além disso, o Banco Central do Brasil (BCB) informa que não haverá cobrança de tarifas para clientes pessoas físicas e microempreendedores individuais por até oito transações mensais. Entretanto, a partir da nona transação realizada por mês, as instituições financeiras podem cobrar pela transação.

O Banco Central do Brasil (BCB) ressalta que o valor deve ser informado antes da efetivação da transação, bem como, os usuários nunca poderão ser cobrados diretamente pelos agentes de saque. Conforme informa o Banco Central do Brasil (BCB), para o comércio que disponibilizar o serviço, as operações do Pix Saque e do Pix Troco representarão o recebimento de uma tarifa que pode variar de R$ 0,25 a R$ 0,95 por transação, esclarece o Banco Central do Brasil (BCB).

Ferramentas que otimizam os processos e amplificam a dinâmica do mercado 

Certamente os produtos Pix Saque e Pix Troco são relevantes melhorias do Banco Central do Brasil (BCB) no Pix, de modo que ajudam a fluir o ciclo econômico, colocando mais dinheiro em espécie no mercado e facilitando a rotina dos usuários. 

Assim como o Open Banking, o Pix é uma inovação do Banco Central do Brasil (BCB) que se torna uma ferramenta importante para o comércio e para a pessoa física. Visto que são ferramentas que otimizam os processos e amplificam a dinâmica do mercado em várias vertentes, sendo ferramentas importantes para a melhoria do cenário econômico nacional, de forma direta ou indireta. 

Avalie o Texto.
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.