Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

5/5 - (1 vote)

Banco Central do Brasil: crescimento na utilização dos instrumentos de pagamentos

O Banco Central do Brasil aponta crescimento na utilização dos instrumentos de pagamentos. Confira dados oficiais!

Conforme informações oficiais do Banco Central do Brasil (BCB), o uso de instrumentos de pagamentos cresceu 11% no segundo trimestre de 2021, sendo que o destaque ficou para os cartões, usados em 54% das transações sem dinheiro em espécie. 

Banco Central do Brasil: crescimento na utilização dos instrumentos de pagamentos

O Pix foi utilizado em cerca de 14% das transações sem dinheiro físico no período, de acordo com os dados atualizados pelo Banco Central do Brasil (BCB).

O  Banco Central do Brasil (BCB) atualizou as estatísticas de pagamentos para o segundo trimestre de 2021, quando foi observado aumento no uso dos instrumentos de pagamento eletrônicos e cheque em cerca de 11% e 10% em termos de quantidade e de valor, respectivamente, na comparação com o trimestre anterior, conforme informações oficiais. Sendo assim, no total, os cartões foram utilizados em 53% das transações que ocorreram sem dinheiro em espécie durante o segundo trimestre. 

Elevação do Pix

O Pix, meio de pagamento desenvolvido e gerido pelo  Banco Central do Brasil (BCB), foi utilizado em cerca de 14% das transações que ocorreram sem dinheiro físico no país no período.  

 Dados do terceiro trimestre, indicam que o uso do Pix e de cartões evoluiu 53% e 16%, respectivamente, em relação ao trimestre anterior. Assim sendo, desde o início do ano, a quantidade e o valor das transações com o Pix aumentaram acima de 200% e em cerca de 150%, respectivamente, período em que os cartões cresceram acima de 20% considerando essas duas estatísticas. Quanto aos cartões, destaque para o uso do cartão pré-pago, que cresceu 57% em relação ao primeiro trimestre do ano.   

 Smartphone e as transações bancárias

O Banco Central do Brasil (BCB) ressalta que a utilização de dispositivos móveis (celular, tablets) para a realização de transações bancárias chegou a 70% no segundo trimestre, um aumento de 32% na comparação com o trimestre anterior. 

Somados ao uso da internet (os acessos feitos por internet banking, por meio de computadores, por exemplo), esses canais foram responsáveis por quase 90% das transações bancárias no segundo trimestre de 2021. Ao mesmo tempo, as transações bancárias feitas de forma presencial registraram uma queda de cerca de 2%, respondendo por aproximadamente 12% do total das operações durante o período, informa a instituição financeira. 

A eletronização dos meios de pagamento

Dessa forma, os dados confirmam uma constante eletronização dos meios de pagamento e dos canais usados para realização de transações bancárias no Brasil.

As estatísticas do  Banco Central do Brasil (BCB) sobre operações de saque, que são uma aproximação para uso do dinheiro físico, corroboram com o avanço desse processo de digitalização. Visto que do início de 2019 até o momento atual, o valor total das operações de saque foi reduzido em 1/4, enquanto o valor das operações com instrumentos de pagamento aumentou em 50%, informa a instituição em divulgação oficial. 

5/5 - (1 vote)

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.