Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Pix poderá ter cobrança extra: saiba quando

O Pix poderá ser pago ainda este ano, é o que estima o Banco Central.

A cobrança prevista não deve ser aplicada na transferência entre os usuários inicialmente, mas sim em duas novas funcionalidades: o Pix Saque e o Pix Troco.

No Pix Saque o cliente poderá se dirigir a estabelecimentos participantes e após realizar a transferência em Pix receber o dinheiro em espécie. Já no Pix Troco, além de pagar a compra no local, o valor depositado acima do valor poderá ser devolvido em espécie ao cliente – “o troco”.  

Basicamente as duas novas funcionalidades são bem parecidas, o que deve mudar apenas é a realização de uma compra no local ou não.  

“Essa é uma funcionalidade que vai trazer muitos benefícios à população, principalmente às pessoas que vivem nas periferias das grandes cidades, onde as redes de ATM [caixas eletrônicos] não estão tão presentes, e nas pequenas cidades também”, disse ao G1, Ângelo Duarte, chefe do Departamento de Competição e de Estrutura do Mercado Financeiro do Banco Central.

Veja golpes aplicados por criminosos e o que fazer.

Como e quando as cobranças serão feitas para o Pix?

É estimando que o Pix Saque e o Troco sejam lançados no segundo semestre deste ano. Só a partir daí haverá alguma cobrança.

Antes de realizar qualquer cobrança ou taxa de valores, o usuário poderá contar com quatro saques gratuitos por mês com limite de R$500 por dia. Ultrapassado este limite, os bancos que ofertam as duas novas funcionalidades poderão realizar cobranças a mais.

Comércios poderão definir algumas regras

Os comércios que optarem por ofertar o Pix Saque ou Pix Troco poderão escolher se ofertarão um dos serviços ou os dois. Ou seja, não necessariamente um mesmo estabelecimento ofertará todas as novas modalidades.

Outro ponto que que ficará de responsabilidade dos estabelecimentos é se as funcionalidades serão oferecidas todos os dias da semana ou não, quais horários o serviço será oferecido e quais as notas em reais serão liberadas.

Por exemplo, o comércio pode estabelecer que irá ofertar o Pix Saque apenas com notas de R$ 50, das 12h às 18h, de segunda-feira a quarta-feira. Outro pode optar por oferecer o serviço só no final de semana e sem restrições de notas.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.