Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

5/5 - (1 vote)

Pix Caminhoneiro poderá fazer dois pagamentos em agosto. Entenda

Governo vem sinalizando que poderá pagar os dois primeiros repasses do Pix Caminhoneiro de uma só vez já em agosto

O Governo Federal analisa a possibilidade de fazer dois pagamentos do chamado Pix Caminhoneiro de uma só vez já no próximo mês de agosto. A informação ainda não foi oficialmente confirmada pelo Palácio do Planalto, mas já circula nos bastidores. A ideia é acelerar a liberação do dinheiro para os motoristas este ano.

O plano inicial do Governo Federal era realizar os pagamentos do Pix Caminhoneiro entre os meses de julho e dezembro deste ano. Contudo, a PEC dos Benefícios, que é o texto que libera a verba para os repasses, demorou um pouco para passar pelo Congresso Nacional. Assim, o voucher teria que ser pago entre agosto e dezembro.

De toda forma, os caminhoneiros poderiam receber o valor de julho junto com os pagamentos de agosto. Nesse sentido, dentro de um mesmo mês, eles poderiam receber duas liberações. Como o patamar natural do voucher é de R$ 1 mil, então os trabalhadores poderiam receber R$ 2 mil em agosto, e R$ 1 mil nos meses de setembro a dezembro.

Vale lembrar que não há previsão de continuidade do programa social para o ano de 2023. O texto original da PEC afirma que os pagamentos do voucher duram apenas até dezembro. O Governo Federal trata o projeto como algo emergencial, ou seja, o plano é fazer os repasses apenas durante o momento em que o preço do diesel está alto.

O Governo ainda não liberou detalhes sobre o auxílio para taxistas. Informações de bastidores apontam que os motoristas deverão receber o voucher que pode variar entre R$ 200 e R$ 300. Seja como for, eles ainda não decidiram se os usuários também poderiam receber o valor dobrado em agosto, assim como pode acontecer com os caminhoneiros.

PEC promulgada

A PEC que prevê esta série de mudanças nos programas sociais já foi oficialmente promulgada. Em evento na última quinta-feira (14), o presidente do Congresso Nacional, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), assinou o documento da promulgação.

Assim, já é possível dizer que o projeto que cria o Pix Caminhoneiro e o auxílio-taxista já está oficializado. No entanto, faltam ainda alguns detalhes básicos para os dois programas, como a questão do início dos pagamentos.

Tanto no caso do Pix Caminhoneiro como no auxílio-taxista, não haverá necessidade de inscrição. Informações de bastidores dão conta de que o Governo Federal optará por selecionar os usuários automaticamente a partir de informações de bancos de dados já existentes.

Caminhoneiros x Governo Federal

A relação entre os caminhoneiros e o Governo Federal é complexa. Pesquisas mostram que a maior parte dos motoristas da área ajudaram a eleger o presidente Jair Bolsonaro (PL) nas eleições presidenciais de 2018.

No entanto, nos últimos meses a relação entre os dois atores pode ter se desgastado, sobretudo por causa do preço do diesel. Em 2018, quando o presidente ainda era Michel Temer (MDB), os trabalhadores chegaram a realizar uma grande greve.

Inicialmente, o Governo do presidente Jair Bolsonaro (PL) decidiu pagar um voucher de R$ 400 mensais para compensar os motoristas pelo aumento do preço do combustível. Contudo, diante de várias reclamações, o Planalto decidiu elevar o valor para R$ 1 mil.

5/5 - (1 vote)

Veja o que é sucesso na Internet:

1 comentário
  1. Elisvaldo Diz

    Matéria igual a da semana passada, nada de novo, é como diz o velho provérbio “Se não tem o que falar, fique quieto”

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.