Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

5/5 - (1 vote)

PIX Caminhoneiro de R$1 MIL é liberado e já tem CALENDÁRIO; veja o que se sabe até agora

Líderes dos caminhoneiros dizem que novo auxílio não resolverá problema, mas admitem que parte da categoria deve concordar com a ideia

No próximo dia 9, mais de 800 mil caminhoneiros de todo o Brasil receberão uma parcela de R$ 2 mil do Governo Federal. O saldo faz parte do programa Pix Caminhoneiro e tem como objetivo ajudar os motoristas em um momento de aumento nos preços dos combustíveis. Há muita expectativa em relação ao humor dos trabalhadores com o novo benefício.

Ao menos até aqui, a reação dos caminhoneiros é mista. A grande maioria dos principais líderes da categoria está se posicionando contra o presidente Jair Bolsonaro (PL) mesmo depois da confirmação de liberação de R$ 1 mil para a categoria. Contudo, os mesmos líderes acreditam que parte dos trabalhadores devem se juntar ao chefe do executivo.

“Existe uma ala de 30% que ainda anda nessa questão de defender governo. Acho que isso prejudica muito a nossa categoria”, disse Wallace Landim, o Chorão, que foi um dos principais líderes da paralisação de 2018. Ele deu a declaração durante uma entrevista para o portal UOL na tarde da última segunda-feira (25).

Esta não é a primeira vez que o Chorão deu uma declaração neste sentido. Há pouco mais de um mês, ele chegou a dizer que o auxílio que o Governo queria pagar para os caminhoneiros não passava de uma “esmola”. Entretanto, naquela época o Planalto estava sinalizando que poderia pagar apenas R$ 400 por mês.

Diante das críticas pelo valor, o Governo decidiu subir a quantia para a casa de R$ 1 mil por mês até o final deste ano. Com a sinalização, membros do Palácio do Planalto esperam ter o apoio dos caminhoneiros já no próximo dia 7 de setembro, quando o presidente Jair Bolsonaro espera contar com uma grande mobilização social de apoio ao seu governo.

Quando começa o auxílio?

Nesta segunda-feira (25), o Ministério do Trabalho confirmou alguns detalhes sobre os pagamentos do programa Pix Caminhoneiro. Eles divulgaram, por exemplo, o calendário oficial de repasses do projeto. O primeiro depósito está marcado para o dia 9 de agosto.

Trata-se da mesma data de início dos repasses do programa Auxílio Brasil. Todavia, é importante lembrar que os dois programas são independentes, ou seja, não possuem qualquer relação entre si. Veja abaixo as datas do Pix Caminhoneiro:

1ª Parcela: 9 de agosto;
2ª Parcela: 9 de agosto;
3ª Parcela: 24 de setembro;
4ª Parcela: 22 de outubro;
5ª Parcela: 26 de novembro;
6ª Parcela: 17 de dezembro.

Como se inscrever?

Não é necessário se inscrever de forma direta para fazer parte do programa Pix Caminhoneiro. O Governo Federal alerta que selecionará os nomes a partir de dados de banco de informações já existentes, como a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

O Ministério afirma que só considerará as informações postadas nesta lista até o último dia 31 de maio deste ano. Dessa forma, o cidadão que ainda não está dentro deste registro, não terá mais chances de seleção.

A ideia do Governo é atender motoristas que atuam no sistema autônomo. Assim, os caminhoneiros que atuam com algum tipo de contrato com alguma empresa, também serão descartados da possibilidade de receber o novo benefício social.

5/5 - (1 vote)
1 comentário
  1. Fernando Rodrigues Borges Diz

    não antt ,trabalho com fretes, como que fasso pra ter o auxilio camioneiro?

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.