Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Pix: a inovação nos pagamentos instantâneos

O Pix é uma ferramenta que gerou otimização nos pagamentos instantâneos, sendo assim, é uma inovação do BC!

Pix: a ferramenta inovadora do Banco Central 

Conforme definição do Banco Central do Brasil, o Pix é o pagamento instantâneo brasileiro. Sendo assim, o meio de pagamento criado pelo Banco Central (BC) em que os recursos são transferidos entre contas em poucos segundos, a qualquer hora ou dia. É prático, rápido e seguro. O Pix pode ser realizado a partir de uma conta corrente, conta poupança ou conta de pagamento pré-paga.

O que são pagamentos instantâneos?

Sabemos que o Pix é uma inovação financeira que facilita a rotina de empresas e clientes. Conforme definição do Banco Central, os pagamentos instantâneos são as transferências monetárias eletrônicas na qual a transmissão da ordem de pagamento e a disponibilidade de fundos para o usuário recebedor ocorre em tempo real e cujo serviço está disponível durante 24 horas por dia.

Sendo assim, as transferências ocorrem diretamente da conta do usuário pagador para a conta do usuário recebedor, sem a necessidade de intermediários, o que propicia custos de transação menores.

Pix Saque e Pix Troco

O Pix Saque e o Pix Troco estão em andamento. Sendo assim, o BC informa que para dar ao consumidor a opção de obtenção de dinheiro em espécie diretamente do lojista e para facilitar a gestão de numerário dos estabelecimentos, foram criadas essas opções.

Iniciador de pagamentos 

Conforme informa o BC, o iniciador como nova modalidade de participação no Pix, agrega ainda mais competição ao arranjo. Além disso, aumenta a possibilidade de instituições detentoras de conta transacional que sejam autorizadas pelo BC e certificadas no Open Banking, oferecerem  o serviço de iniciação no Pix.

  • Iniciação com chave, inserção manual 30/08/21;
  • Bem como, iniciação direta pelo iniciador: 30/09/21;
  • Iniciação pela leitura de QR Code e agendamento: 01/11/2021.
Quem pode ofertar o Pix?

O BC informa que as instituições financeiras (IFs) e instituições de pagamento (IPs), incluindo fintechs, podem ofertar o Pix aos seus clientes. Entretanto, algumas dessas instituições terão que ofertar de forma obrigatória. São elas: IFs ou IPs autorizadas pelo BC com mais de 500 mil contas ativas (considerando contas de depósito à vista, conta de depósito de poupança e conta de pagamento pré-paga).

Medidas exclusivas do BC para o Pix

Confira as medidas do BC que também se aplicam a outros meios de pagamento:

  • Bloqueio cautelar;
  •  Notificação de infração;
  •  Ampliação do uso de informações para fins de prevenção à fraude;
  •  Mecanismos adicionais para proteção dos dados; e
  •  Ampliação da responsabilização das instituições.

O BC informa que o Pix ainda passará por melhorias diversas, conforme agenda BC.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.