Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

3.5/5 - (15 votes)

Pagamentos do novo auxílio de R$ 400 para depois de 2022

Texto aprovado pela Câmara dos Deputados não obriga o Governo a pagar o Auxílio Brasil de R$ 400 para além de 2022

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta quarta-feira (15) a segunda parte da PEC dos Precatórios. Com isso, o texto completo está aprovado pelo Congresso Nacional. De acordo com as informações oficiais, o texto deve passar por uma promulgação ainda nesta quinta-feira (16). Pelo menos essa é a expectativa.

Mesmo depois da aprovação total deste texto, muita gente ainda tem dúvidas sobre como isso tudo impacta o Auxílio Brasil. De acordo com o documento aprovado, o programa vai passar a ser permanente. Mas é preciso ter cuidado com essa informação porque ela traz algumas nuances importantes.

De acordo com o texto da PEC em questão, o Governo Federal, independente de ser o atual ou não, precisa manter um benefício de renda básica para depois de 2022. Isso significa que mesmo depois das eleições presidenciais do próximo ano, o Planalto vai precisar seguir com algum programa.

Mas o texto do projeto não fala que esse projeto precisa ser necessariamente esta versão do Auxílio Brasil. Eles também não falam qual deve ser o valor. Então é falsa a informação de que o benefício de R$ 400 vai seguir por tempo indeterminado. Isso vai poder acontecer, mas só se o próximo Governo, seja ele de Bolsonaro ou não, quiser.

“Todo brasileiro em situação de vulnerabilidade social terá direito a uma renda básica familiar, garantida pelo poder público em programa permanente de transferência de renda, cujas normas e requisitos de acesso serão determinados em lei, observada a legislação fiscal e orçamentária”, diz o texto da PEC em seu artigo 6º.

Previsão no orçamento

Um ponto extremamente importante nesse trecho é o uso do termo “legislação fiscal e orçamentária”. É que isso indica que o projeto permanente em questão vai ser um programa cujo valor vai ser definido apenas depois.

Tudo indica que o Governo Federal de 2023 vai traçar um orçamento para decidir qual vai ser o patamar de pagamentos. A ideia é que o Auxílio Brasil desse jeito que estamos vendo agora e com esse valor de R$ 400 chegue ao fim no final de 2022.

E para 2022?

Para o ano de 2022, tudo já está acertado. Então pelo menos pelos próximos 12 meses os usuários podem contar com os pagamentos de R$ 400 de forma mensal. De acordo com o Ministério da Cidadania, ninguém pode receber menos do que isso.

Isso porque a PEC dos Precatórios garante essa liberação do dinheiro para o Governo fazer esses pagamentos turbinados em 2022. Hoje, o que se sabe é que o Palácio do Planalto já tem a quantia mais do que necessário para fazer essas liberações.

Auxílio em dezembro

Hoje, de acordo com o Ministério da Cidadania, os valores do Auxílio Brasil já são turbinados. Segundo a pasta, todos os usuários do programa em questão estão recebendo, no mínimo, R$ 400, independente de qualquer coisa.

Só que neste momento, o número de usuários ainda é de 14,5 milhões de pessoas. Desde que começou os pagamentos do Auxílio Brasil, o Governo ainda não inseriu ninguém de fora do Bolsa Família nesses repasses. A expectativa é que eles façam isso ainda este ano.

3.5/5 - (15 votes)

Veja o que é sucesso na Internet:

2 Comentários
  1. Marcelo Maciel Salles Diz

    Boa noite ! D.Silvia Maria Batista de Jesus; em qual cidade e estado a senhora moras ?vc poderia me responder no meu email .obgdo!

  2. Silvia maria Batista de Jesus Diz

    Não tenho nem um beneficio, estou desempregada com o braço quebrado e moro só com meus três dedos filhos, e eles me pede uma ceia de Natal e eu respondo nos vai passar as festas com o que tiver pq nos não tem direito a comer do melhor, políticos por favor ajuda quem não é do bolsa família pq a barriga dos nossos filhos estão roncando

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.