Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

5/5 - (2 votes)

Auxílio Brasil: calendário de 2022 não deverá sofrer alterações, indica Governo

De acordo com informações de bastidores, Governo Federal não está disposto a alterar sistema do calendário do Auxílio Brasil

O Governo Federal ainda não divulgou oficialmente o calendário de pagamentos do Auxílio Brasil para o ano de 2022. Até aqui, ainda não dá para saber quais serão as datas de recebimento do benefício no primeiro mês do próximo ano. Acontece, no entanto, que a expectativa é que nada mude muito.

De acordo com as regras do antigo Bolsa Família, os pagamentos aconteciam sempre nos últimos 10 dias úteis de cada mês. Então cada grupo recebia em uma data diferente. Esse sistema está sendo adotado também pelo Auxílio Brasil desde que o novo programa entrou em cena ainda em novembro deste ano.

Apenas neste mês de dezembro, o sistema mudou um pouco por causa das festas natalinas. Para evitar que os usuários recebam o dinheiro depois do natal, a contagem das datas do calendário levam em consideração os 10 últimos dias úteis até 23 de dezembro. Assim, todo mundo tem acesso ao montante antes da ceia.

Outro ponto que o Governo Federal não está disposto a mudar é a questão do estilo de divisão dos grupos. Hoje, de acordo com o Ministério da Cidadania, as datas dos pagamentos se baseiam pelo algarismo final do Número de Inscrição Social (NIS). Nesta quinta-feira (16), por exemplo, é a vez daqueles que possuem o NIS terminando em 5.

Essa regra deve seguir para o próximo ano. Isso vai valer, aliás, para os novatos. Assim que você conclui a inscrição no Cadúnico, o sistema vai gerar um NIS para que você use não só para saber qual a sua data de pagamento do Auxílio Brasil mas também para uma série de outras atividades que exigem essa sequência numérica.

Quem vai poder entrar no Auxílio Brasil?

As regras de entrada no Auxílio Brasil não são muito diferentes daquelas que víamos no Bolsa Família. De acordo com as informações oficiais, é preciso ter um cadastro ativo no Cadúnico e se encaixar nos limites de renda.

Parece simples, mas isso é apenas o que diz a regra no papel. Na prática o que se sabe mesmo é que muita gente que tem direito ao benefício vai acabar ficando de fora dos recebimentos por conta de uma questão orçamentária.

Entradas estão confirmadas para janeiro?

Oficialmente falando, ainda não dá para cravar que novos usuários poderão entrar no Auxílio Brasil em janeiro. Não existe neste momento nenhum documento oficial que obrigue o Governo a fazer isso.

De qualquer forma, tudo indica que isso vai acontecer mesmo. Primeiro porque a PEC dos Precatórios já foi aprovada completamente no Congresso e segundo porque membros do Governo estão prometendo que irão fazer isso.

Quais são os valores?

De acordo com o Ministério da Cidadania, algo em torno de 14,5 milhões de brasileiros estão recebendo o Auxílio Brasil agora em novembro. Eles já estão pegando os valores turbinados, ou seja, ninguém está recebendo menos do que R$ 400.

Para o ano de 2022, os valores devem permanecer nesse patamar. O Governo Federal aliás, já tem espaço no orçamento para manter os pagamentos na casa dos R$ 400 pelo menos até o final do próximo ano. É o que se sabe até aqui.

5/5 - (2 votes)

Veja o que é sucesso na Internet:

3 Comentários
  1. Tati Diz

    Ve no caixa tem
    De algumas pessoas esta caindo lá.

  2. Maria Das Dores Lopes De Diz

    Não estou entendendo nada, disseram que caia automaticamente ,não tem nada,o dois de eu receber era no dia 13 de dezembro
    Mas não tem nada.

  3. Maria Das Dores Lopes De Diz

    Já tinha o bolsa família e já faz dois meses que não recebo nada.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.