Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Pagamento da 4ª parcela do Auxílio Emergencial termina nesta semana

Aniversariantes de setembro a dezembro recebem seus valores até sexta-feira, 30 de julho.

No dia 15 deste mês, o Governo Federal realizou mais uma vez a antecipação do calendário de pagamentos do Auxílio Emergencial. A prática já ocorreu em parcelas anteriores e agora se repete para a quarta rodada do benefício.

Nesse sentido, portanto, a Portaria nº 645, antecipou em seis dias o começo dos depósitos. Dessa forma, levando em consideração o escalonamento por mês de nascimento, inicia-se por aqueles que nasceram em janeiro. Assim, tal público recebeu sua quantia no dia 17, no lugar de 23 de julho.

Além disso, a quarta parcela seria a última, não houvesse a prorrogação do benefício. Então, já no início do mês, o Auxílio Emergencial já contou com a garantia de continuidade, por meio do Decreto 10.740. Em consequência, os beneficiários poderão receber mais três parcelas até o mês de outubro.

Em seguida, já chegamos ao final dos pagamentos referentes à quarta parcela nesta semana, até o dia 30 de julho, sexta-feira. Dessa forma, os beneficiários do público geral que nasceram entre setembro e dezembro terão acesso ao depósito. Em conjunto, também, aqueles que fazem parte do Bolsa Família, com NIS de final entre 6 e 0 receberão seus valores.

Julho conta com 14,69 milhões de famílias beneficiadas pelo Bolsa Família

No dia 19 de julho, o pagamento do Auxílio Emergencial para os participantes do Bolsa Família se iniciou. Contudo, esse grupo não se divide pelo mês de nascimento, mas sim pelo final de seu NIS (número de identificação social). Portanto, na última segunda-feira, o recebimento dos valores foi para os beneficiários com NIS de final 1.

Assim, em conjunto com os demais grupos do Auxílio Emergencial, estes seguirão recebendo nesta semana, até o dia 30 de julho, sexta-feira.

Além disso, o Governo Federal realçou que foram 14,69 milhões de famílias recendo os valores do programa no mês de julho. Isto é, número equivalente ao maior já registrado na história do Bolsa Família.

A maioria dos beneficiários do Bolsa Família recebe o Auxílio Emergencial

Destes, são 9,48 milhões de famílias que optaram por receber o Auxílio Emergencial 2021. Nesse caso, os valores do Bolsa Família ficam suspensos, até o segundo benefício terminar. Isto é, as famílias que cumprem os requisitos para receber ambos os benefícios podem escolher pelo de maior valor.

Dessa forma, de modo a atender o público do Bolsa Família que receberá o Auxílio Emergencial, ou seja, as 9,48 milhões de famílias a folha de pagamentos chegará ao valor de R$ 2,9 bilhões. Nesse sentido, verifica-se um recebimento médio de R$ 305,97.

Destes, então, mais de 50% se referem aos valores para mães solo, ou seja, de R$ 375. Indo adiante, o valor de R$ 250, com destino às famílias com duas pessoas ou mais representam 33,1% da folha de pagamento. Por fim, ainda, são 15,5% de famílias unipessoais com direito a receber R$ 150.

No entanto, das 14,69 milhões de famílias, 5,21 milhões não se encaixam nos critérios necessários para receber o Auxílio Emergencial. Portanto, seguirão recebendo o Bolsa Família. Para estes, então, a folha de pagamento é de R$ 1,23 bilhão e conta com um recebimento médio de R$ 236,81.

Pagamentos da quarta parcela do Auxílio Emergencial desta semana

A Caixa Econômica Federal finaliza nesta semana a quarta parcela do Auxílio Emergencial. Nesse sentido, tanto beneficiários do Bolsa Família, quanto o público geral do Cadastro Único ou outros meios receberão seus valores.

Desse modo, para os participantes do Bolsa Família é possível realizar o saque das quantias nas agências físicas da Caixa e também nas casas lotéricas.

Contudo, para os demais beneficiários do Auxílio Emergencial, apenas haverá o depósito das quantias, sem possibilidade de saque em dinheiro. Assim, a quarta parcela estará na Poupança Social Digital do participante de terça-feira, dia 27 de julho, à sexta-feira, 30 de julho. Nesse caso, portanto, há é possível movimentar a parcela, realizar compras e pagamentos, por meio do aplicativo Caixa Tem. 

Calendários de pagamento da quarta parcela

Primeiramente, há que se considerar a diferença entre os beneficiários do Bolsa Família e aqueles do público geral. Isto é, aqueles que acessaram o benefício pelo Cadastro Único, aplicativo Caixa Tem ou outros meios. Já os beneficiários do Bolsa Família dão aqueles que já faziam parte deste programa assistencial, mas que optaram por suspender seus valores, enquanto recebe os do Auxílio Emergencial.

Nesse sentido, então, os participantes do Bolsa Família seguem as mesmas regras de seu programa original. Portanto, recebem nos mesmos dias de seu calendário de pagamentos, qual sejam os últimos dez dias úteis do mês. Além disso, estes beneficiários recebem os valores e já podem realizar seu saque.

Por outro lado, os beneficiários do público geral seguem às regras do Auxílio Emergencial, com calendário específico. Ademais, este grupo primeiramente recebe os valores por meio de depósito na Conta Poupança Digital da Caixa. Apenas em seguida, com outro calendário, é que ocorre a liberação para saque em dinheiro.

Bolsa Família

  • 26 de julho, segunda-feira: beneficiários com NIS de final 6 receberão a quarta parcela.
  • 27 de julho, terça-feira: beneficiários com NIS de final 7 receberão a quarta parcela.
  • 28 de julho, quarta-feira: beneficiários com NIS de final 8 receberão a quarta parcela.
  • 29 de julho, quinta-feira: beneficiários com NIS de final 9 receberão a quarta parcela.
  • 30 de julho, sexta-feira: beneficiários com NIS de final 0 receberão a quarta parcela.

Depósito para o público geral (Cadastro Único)

  • 27 de julho, terça-feira: beneficiários que nasceram em setembro receberão a quarta parcela.
  • 28 de julho, quarta-feira: beneficiários nasceram em outubro receberão a quarta parcela.
  • 29 de julho, quinta-feira: beneficiários nasceram em novembro receberão a quarta parcela.
  • 30 de julho, sexta-feira: beneficiários nasceram em dezembro receberão a quarta parcela.

Saque em dinheiro para o público geral (Cadastro Único)

  • 02 de agosto, segunda-feira: liberação de saque para beneficiários que nasceram em janeiro.
  • 03 de agosto, terça-feira: liberação de saque para beneficiários que nasceram em fevereiro.
  • 04 de agosto, quarta-feira: liberação de saque para beneficiários que nasceram em março.
  • 05 de agosto, quinta-feira: liberação de saque para beneficiários que nasceram em abril.
  • 09 de agosto, segunda-feira: liberação de saque para beneficiários que nasceram em maio.
  • 10 de agosto, terça-feira: liberação de saque para beneficiários que nasceram em junho.
  • 11 de agosto, quarta-feira: liberação de saque para beneficiários que nasceram em julho.
  • 12 de agosto, quinta-feira: liberação de saque para beneficiários que nasceram em agosto.
  • 13 de agosto, sexta-feira: liberação de saque para beneficiários que nasceram em setembro.
  • 16 de agosto, segunda-feira: liberação de saque para beneficiários que nasceram em outubro.
  • 17 de agosto, terça-feira: liberação de saque para beneficiários que nasceram em novembro.
  • 18 de agosto, quarta-feira: liberação de saque para beneficiários que nasceram em dezembro.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.