Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

5/5 - (1 vote)

Os números do Pix: confira as estatísticas oficiais do Banco Central 

Os números do Pix: confira as estatísticas oficiais do Banco Central sobre a escolha e utilização das chaves e os valores das transações. Saiba mais!

O Pix é uma ferramenta inovadora que facilita o fluxo financeiro de empresas e de pessoas físicas. Sendo assim, essa é uma inovação do Banco Central do Brasil. 

Os números do Pix: confira as estatísticas oficiais do Banco Central 

Conforme informa o BC, desde o seu lançamento, em novembro de 2020, o Pix vem passando por diversas melhorias. No entanto, não se trata de ajustes no sistema e sim de de um faseamento programado de sua implementação, conforme agenda oficial do Banco Central do Brasil. Confira os números do Pix, de acordo com informações oficiais do Banco Central.

Utilização da chave Pix e a preferência pela chave aleatória

Curiosamente, a chave Pix mais utilizada até a última validação estatística do Banco Central, é a chave aleatória. Até outubro de 2021, foram geradas 121.166.909 chaves aleatórias.

O CPF é utilizado em segundo lugar

O CPF segue em segundo plano, considerando a sua utilização como chave. O BC informa que já são mais 93.770.887 cadastros efetuados.

Telefone celular 

Já o celular ocupa a terceira posição no ranking do Pix, sendo 76.110.587 chaves cadastradas como o número do celular do titular. O e-mail é a chave Pix menos utilizada, o BC aponta o total de 50.601.202 chaves cadastradas no endereço eletrônico.

O endereço de e-mail é a última opção dos usuários

Desde o lançamento do Pix, o número de chaves cadastradas por pessoas físicas cresceu exponencialmente. Conforme informa o BC, em novembro de 2020 eram 91.031.284 chaves cadastradas. Já em outubro de 2021 esse número passou para 334.026.935.

Volume de transações aponta um crescimento exponencial 

Quando de seu início, o volume de transações Pix foi de 33.510.753, considerando o primeiro período de disponibilidade da ferramenta. Entretanto, os dados atuais apontam mais de 1.040.142.214.

Os valores movimentados

Já no que diz respeito aos valores movimentados pela ferramenta, o BC também relata um crescimento elevado. Em novembro de 2020 o valor transacionado pela ferramenta do BC foi de 29.555.377. Já em suas últimas análises, o BC aponta uma média de 554.401.912 em valores. 

Sendo assim, é possível entender que o Pix foi bem aceito pelo cidadão brasileiro, ao passo que, conforme as pessoas utilizaram o Pix, popularizaram a ferramenta em pouco tempo, dada a sua praticidade e agilidade. 

Além disso, o Pix representa uma importante quebra de barreiras no fluxo financeiro, visto que as transações ocorrem em tempo real, independentemente do dia da semana ou horário no qual a transação é efetuada. É importante acompanhar as melhorias feitas pelo BC na ferramenta, de modo que faça uso do Pix em todo o seu potencial, seja você pessoa física ou jurídica. 

5/5 - (1 vote)

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.