Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Como organizar as próprias ideias?

Para organizar as próprias ideias você deve dar atenção ao que lhe vem à mente, em determinadas circunstâncias. É possível separar um momento pela manhã para escrever a sua tempestade de ideias, viabilizando uma “descarga” para a mente e ajudando você a se organizar melhor.

Neste texto você encontra essas e outras dicas bastante interessantes. Continue lendo.

Como organizar as próprias ideias?

Existem diversas ações que podem lhe ajudar a organizar as próprias ideias. A primeira dica que podemos dar é: não negligencie seus pensamentos. Eles podem lhe ajudar a se conhecer melhor, entendendo quem você é e o que deseja alcançar.

Assim sendo, considere as sugestões abaixo:

1. Tempestade de ideias no papel

Especialmente de manhã ou antes de dormir, pegue lápis e papel e escreva o que lhe vier à mente. Não pense em criar uma cronologia ou algum sentido para as coisas. Simplesmente vá escrevendo e colocando em palavras escritas tudo o que você estiver pensando.

Você pode fazer isso em forma de texto corrido ou tópicos/blocos, de acordo com o que for mais confortável para você.

Vá escrevendo até você perceber que conseguiu “esvaziar” um pouco a sua mente. Quando esse momento chegar, é hora de ir para o passo 2.

2. Análise de prioridades

Comece a ler as suas ideias e analise as prioridades delas. O que realmente precisa ser feito? E o que deve ser feito primeiro? Quais dessas ideias não tem sentido algum e podem ser guardadas para mais tarde?

Todas essas perguntas podem lhe ajudar a organizar as próprias ideias, criando uma lista de prioridades do que deve ser resolvido primeiro, segundo, etc.

3. Planos de curto, médio e longo prazo

Com as suas prioridades em mãos, que tal traçar planos de curto, médio e longo prazo?

Você pode criar um quadro dividido em três partes, para separar as ideias dessa forma. Retorne nas suas prioridades e descubra o que deverá ser finalizado primeiro, segundo, terceiro… E quanto tempo cada finalização levará.

Tudo isso vai lhe ajudar a organizar as próprias ideias.

4. Ideias e ações que podem ser delegadas

Delegue ideias e ações que não precisam ser executadas por você. Durante a sua tempestade de ideias elas podem surgir, como é o caso de se lembrar que precisa fazer uma faxina em casa, por exemplo.

Se puder delegar para descarregar a lista de tarefas, não tenha vergonha de fazer isso. Você não precisa ter superpoderes e tampouco precisa resolver tudo sozinho.

5. Ideias que devem ser descartadas ou “guardadas”

Descubra quais ideias devem ser guardadas para o futuro, e quais delas você deve jogar fora. Haverá aquelas que não fazem sentido, mas que vêm à mente de vez em quando porque ainda não foram escutadas.

Pensar nos prós e contras de cada pensamento também pode ajudar na hora de fazer essa limpa.

Você pode fazer uma lista de stand-by e outra de lixeira, escrevendo as tarefas e ideias de acordo com os seus ideais. Lembre-se de justificar porque cada ideia foi posta em cada lista. Assim, quando o pensamento bagunçado ressurgir, revisite essas listas.

Esperamos ter lhe ajudado na sua missão de organizar as próprias ideias. Boa sorte!

Avalie o Texto.

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.