Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

5/5 - (1 vote)

Open Banking: o compartilhamento eficiente e direcionado dos seus dados

O Open Banking permite o compartilhamento eficiente e direcionado dos seus dados financeiros. Confira informações oficiais do Banco Central!

O Open Banking é uma inovação que promete otimizar os fluxos financeiros e facilitar a oferta de crédito para a pessoa física. O Open Banking é o Sistema Financeiro Aberto, criado e gerido pelo Banco Central. 

Open Banking: o compartilhamento eficiente e direcionado dos seus dados

De forma sucinta, o BC explica que o Open Banking dará mais liberdade de escolha por meio do compartilhamento de dados, produtos e serviços financeiros. Uma vez que o cliente poderá dar acesso aos seus dados à instituição credenciada de sua livre escolha. Assim sendo, os dados compartilhados ficam inteiramente sob o seu controle.

O sistema financeiro aberto proporciona ao cliente o direito de compartilhamento gratuito

Por isso, o sistema financeiro aberto proporciona ao cliente o direito de compartilhamento gratuito e uma melhoria na qualidade de produtos e serviços de modo geral.

Segundo informações oficiais do Banco Central do Brasil, o Open Banking é uma iniciativa com amplo potencial de impacto, pois viabiliza o compartilhamento de dados e serviços entre instituições participantes, o que poderá elevar a economia nacional, ainda que seja algo perceptível de forma indireta, ou ainda, a longo prazo.  

 Há a necessidade de consentimento por parte do cliente

De acordo com informações oficiais do Banco Central, a partir da segunda fase,  sempre há a necessidade de consentimento por parte do cliente. Ou seja, a sua autorização para que esse processo ocorra com sua total ciência e conhecimento de quais dados serão compartilhados.

 Todo esse fluxo será muito transparente para o cliente que compartilha os seus dados

O Banco Central ressalta que esse tráfego pode ser tanto de todas as informações disponíveis no Open Banking, como de partes específicas, no entanto, o BC enfatiza que todo esse fluxo será muito transparente para o cliente que compartilha os seus dados.

Conforme explica o Banco Central, em fases iniciais, dados de cartões de crédito, por exemplo, poderão ser compartilhados da sua instituição de origem até a empresa destinatária escolhida. 

Já em fases mais avançadas, os dados de investimentos poderão ser compartilhados, o que pode ser importante dentro de um planejamento financeiro. Confira nossas dicas para novos investidores.

A experiência do cliente

De acordo com o Banco Central, existe uma grande preocupação com a experiência do cliente durante todo o processo. Por isso, a estrutura é pensada para que as informações possam ser compartilhadas em de forma ágil, ou seja, o BC prioriza um processo intuitivo e, ao mesmo tempo, seguro e padronizado para o cliente final e para a melhoria de ofertas por parte das instituições financeiras.

5/5 - (1 vote)

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.