Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Quem é o responsável pelo estresse no trabalho? Existe um responsável?

As pessoas se questionam sobre o responsável pelo estresse no trabalho. Mas será que existe um só responsável?

Especialmente na internet, as pessoas se perguntam quem é o responsável pelo estresse no trabalho, com o intuito de compreender a sua causa. Porém, como o estresse é multifatorial, seria injusto apontarmos um “único responsável”.

Ou seja, não podemos culpar só a empresa, a rotina, o chefe ou o colega de trabalho. O estresse é um conjunto de coisas que acontecem no dia a dia do colaborador. E é justamente sobre isso que discutimos neste conteúdo. Acompanhe conosco.

Quem é o responsável pelo estresse no trabalho? Existe um responsável?

Como dito acima, não podemos dizer que exista um único responsável pelo estresse no trabalho. Afinal, as causas são as mais variadas, e podem ser ainda mais variáveis de pessoa para pessoa.

Por isso, o melhor caminho para lidar com o estresse é visualizando a sua própria rotina. Como está a sua organização? As suas prioridades? Os seus relacionamentos interpessoais no trabalho? Pense sobre isso.

Essas reflexões poderão apontar as potenciais causas do seu estresse no trabalho. E, através delas, você poderá sanar o problema de uma maneira mais concisa e incisiva.

De qualquer forma, se você ainda tem dúvidas sobre isso, veja o próximo tópico e use-o como um ponto de partida na hora de avaliar a sua rotina de trabalho.

Quais as causas do estresse no trabalho?

O responsável pelo estresse no trabalho nem sempre é apenas um. Mas sim, são vários.

Estaríamos sendo injustos se disséssemos que todo o estresse de um colaborador é proveniente do seu chefe autoritário. Ou, da sua rotina… Afinal, um único ponto pode até gerar estresse, mas quando o problema se torna recorrente, muitos outros fatores podem estar envolvidos.

Abaixo, portanto, apontamos algumas causas do problema:

  • Falta de metas: Não ter metas claras pode fazer com que o seu dia a dia de trabalho seja sempre corrido. Afinal, você não sabe aonde quer chegar, e tampouco quando, e isso pode gerar uma carga de estresse na rotina.
  • Excesso de tarefas: O excesso de atividades também é um dos campeões quando o assunto é estresse no trabalho. Isso porque a sensação de improdutividade pode surgir ao não cumprir todas as demandas.
  • Competitividade tóxica: Aquela competitividade tóxica, que põe à prova a saúde mental do sujeito, também é um ponto de partida para o estresse.
  • Chefe agressivo: Um chefe que não sabe se relacionar com seus colaboradores e é agressivo também pode desencadear muito estresse e desconforto.
  • Relações interpessoais desequilibradas: Assim como a relação com o chefe pode minar o trabalho, as relações com demais colegas também. Especialmente se a fofoca no trabalho estiver presente.
  • Falta de perspectiva: Sentir-se estagnado na carreira também é algo que pode atrapalhar a saúde mental de qualquer pessoa. Até porque, se não se sabe quais são as perspectivas de futuro, para quê se dedicar ao hoje?

Você se vê em uma dessas situações? Tem se sentido muito estressado no trabalho? Então busque por alternativas que diminuam esse desconforto e promovam mais hábitos saudáveis e bem-estar. Lembre-se ainda de que a psicoterapia também pode lhe ajudar.

Fique bem!

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.