Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

O que são as conjunções?

As Conjunções: importância

As conjunções estão presentes em todas as provas do Brasil, tanto aquelas de concursos públicos como aquelas de vestibulares.

Elas podem aparecer em perguntas diretas, em questões de interpretação de texto ou na sua redação.

Esse último caso merece uma atenção especial. As conjunções, se usadas corretamente, podem melhorar muito o seu processo de escrita.

Conjunções: definição

As conjunções pertecem à uma classe de palavras que possui como objetivo reunir ou ligar orações em uma mesma frase e parágrafo.

Atenção: quando duas ou mais palavras possuírem função de conjunção, definimos isso como locução conjuntiva.

As conjunções podem ser dividas em duas categorias: subordinativas ou coordenativas.

Coordenativas

As conjunções coordinativas estabelecem uma relação entre duas orações coordenadas (independentes). Podem ser:

  • Copulativas– estabelecem uma relação de adição.

Exemplo: Acabei de ler o livro agora vou resumí-lo.

  • Adversativas– relação de oposição.

 Exemplo: Fui ao supermercado, mas estava muito cheio.

  • Conclusivas– estabelecem uma relação de conclusão.

Exemplo: Assisti as aulas, logo não preciso estudar.

  • Disjuntivas– apontam uma alternativa.

Exemplo: Vá de ônibus ou a pé.

  • Explicativas– relação de explicação.

 Exemplo: Não diga isso, pois me machuca.

Subordinativas

As conjunções subordinativas estabelecem uma relação de dependência entre duas orações, em que uma completa o sentido da primeira. São elas:

  • Causais – indicam causa, motivo, razão.

Exemplo: Eu te disso isso, porque não estava satisfeita.

  • Temporais–  relação de tempo.

Exemplo: Assim que você chegar, vamos embora.

  • Finais– indicam finalidade, objetivo, propósito.

Exemplo: Minha mãe me passou as introduções para que eu não erre.

  • Condicionais–  condição ou uma hipótese.

Exemplo: Desde que você me pague, eu aceito.

  • Concessivas– introduzem uma dificuldade.

Exemplo: Aceito a sua opinião, embora não concorde com ela.

  • Consecutivas– indicam uma consequência

Exemplo: Semana passada estava tanto frio que não consegui dormir.

  • Comparativas– introduzem uma comparação.

 Exemplo: Eu como tanto pizza como doces.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.