Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

O impacto dos fatores tecnológicos na gestão empreendedora

Muitos fatores tecnológicos impactam na gestão empreendedora na era digital. Confira alguns pontos e um exemplo!

Muitos fatores tecnológicos impactam na gestão empreendedora na era digital. Visto que a gestão empresarial no mercado atual envolve todos os fluxos de uma empresa, pois é impossível que uma empresa obtenha sucesso (em longo prazo) sem que a sua gestão seja holística e tecnológica.

Empreendedorismo e a gestão holística e tecnológica

Isso porque, ainda que a empresa não seja do ramo tecnologia, ela precisará de fatores tecnológicos para poder direcionar o fluxo operacional. Por isso, é necessário que uma empresa invista de maneira direcionada para que evite criar fluxos contraproducentes em seus processos; ficando obsoleta, ainda que tenha potencial de mercado.

Fatores tecnológicos: não fique aquém do seu potencial no mercado

Em algum momento, por conta dos novos entrantes no mercado, uma empresa pode ficar aquém por conta de detalhes na gestão, que foram negligenciados quando da elaboração do seu plano de negócios.

Um exemplo simples sobre o impacto dos fatores tecnológicos na gestão empreendedora

Por exemplo, um salão de cabeleireiro pode não investir diretamente em uma tecnologia sistêmica, já que, pensando em uma empresa de pequeno porte, o empreendedor pode realizar a sua administração em planilhas.

No entanto, deverá investir (em algum momento) em melhorias oriundas do mercado para que o seu cliente obtenha um melhor serviço prestado. Assim sendo, deverá investir em um produto ou em um aparelho para que o cliente obtenha uma tecnologia dentro do serviço prestado pela empresa.

A tecnologia está implícita nos fluxos operacionais e administrativos de todos os negócios 

Além disso, investir em cursos também é uma maneira de lidar com fatores inerentes à tecnologia da era digital. Considerando o exemplo acima, ainda que o empreendedor – dono do salão – não invista em um sistema de gestão, ele terá de lidar com os fatores tecnológicos. Visto são fatores que se fazem necessários de outras maneiras.

Ademais, quanto mais rápido o empreendedor investir em um sistema ERP, por exemplo, mais direcionado será o seu crescimento. Pois, caso ele abra filiais desse salão, não perderá dados, por exemplo. Dessa forma, poderá direcionar as estratégias de gestão para todas as unidades de forma controlada e planejada.

Custo-benefício e escalabilidade

Por isso, o investimento tecnológico na empresa desde o seu surgimento pode ser um fator que resulta em um excelente custo-benefício para o empreendedor. Uma vez que poderá amparar o seu próprio crescimento; de modo que não perca dados e não fique aquém do seu concorrente na entrega que é feita ao seu cliente final.

Dessa maneira, o investimento não é uma opção, pois ele será uma obrigatoriedade intangível em algum momento. Por isso, quanto mais o empreendedor atuar através da escalabilidade e do direcionamento dos seus investimentos, maiores serão suas chances de sucesso no mercado profissional de sua área de atuação.

Avalie o Texto.
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.