Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Novo programa social será mais eficaz que o Bolsa Família, diz Ministro

De acordo com Ministro da Cidadania, João Roma, programa que vai substituir o Bolsa Família será mais eficaz que o atual

O Ministro da Cidadania, João Roma, disse em entrevista coletiva que o programa que vai substituir o Bolsa Família será mais eficaz que o atual. O chefe da pasta não explicou direito como seria esse aumento de eficácia. No entanto, ele voltou a dizer que os pagamentos deverão começar mesmo no próximo mês de novembro.

Para João Roma, o novo projeto vai formar uma teia de proteção para as pessoas em situação de vulnerabilidade. No entanto, o Ministro se esquivou em dar números concretos. Oficialmente ainda não dá para saber quantos brasileiros irão receber esse benefício em questão a partir de novembro.

“O que nós estamos fazendo justamente é pegar todas as ferramentas que o estado disponibiliza para a população em situação de vulnerabilidade”, disse João Roma momentos depois de sair de uma reunião com o Ministro da Economia, Paulo Guedes. Os dois, aliás, estão conversando muito sobre esse tema nas últimas semanas.

“O objetivo é utilizar essas ferramentas para que a gente possa fortalecer os programas de transferência de renda do Governo. A ideia é que a população em situação de vulnerabilidade encontre não apenas uma teia de proteção, mas também utilize através desse programa com maior eficácia o seu avanço na qualidade de vida”, completou.

Sobre os valores dos pagamentos desse novo projeto social, o Ministro João Roma não se manifestou. Ele disse, no entanto, que o Governo deverá definir esse ponto juntamente com a equipe econômica nas próximas semanas. De acordo com o próprio Palácio do Planalto, o texto do novo programa social deverá estra no Congresso dentro de mais alguns dias.

Novo Bolsa Família

Pouco se sabe oficialmente sobre esse novo programa. O único ponto passivo até agora é que os valores irão aumentar. Agora falta saber de quanto seria esse acréscimo. Hoje, de acordo com o Ministério da Cidadania, cerca de 14 milhões de brasileiros recebem uma média de R$ 190 por mês no Bolsa Família.

Em entrevistas recentes o Presidente Jair Bolsonaro vem dizendo que esse patamar de pagamentos médios vai subir para a casa dos R$ 300. Além disso, ele garantiu que o número de beneficiários vai subir para a ordem de 20 milhões.

De acordo com informações de bastidores, membros do Ministério da Economia não gostam nada desta história. Eles acreditam que um aumento deste tamanho poderia acabar comprometendo o teto de gastos públicas.

Auxílio Emergencial

Enquanto os pagamentos do Bolsa Família não começam, o Governo Federal segue com os repasses do Auxílio Emergencial. Nesta sexta-feira (30), por exemplo, eles devem terminar as liberações da quarta parcela do benefício.

De acordo com o Ministério da Cidadania, cerca de 37 milhões de brasileiros recebem o dinheiro do programa atualmente. Os valores variam entre R$ 150 e R$ 375 a depender da pessoa que está recebendo o montante.

Recentemente, o Governo Federal anunciou a prorrogação do projeto em questão por mais três meses. Com isso, esses 37 milhões de brasileiros receberão as parcelas, pelo menos, até o próximo mês de outubro. Pelo menos essa é a ideia.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
2 Comentários
  1. MARIA ERIVANE RODRIGUES Diz

    Eu não recebi a parcela do auxílio emergência 4 parcela e não consigo ter informações a respeito.
    Que faço?

  2. MARIA ERIVANE RODRIGUES Diz

    Eu não recebi a quarta parcela do auxílio emergência, e não consigo ter uma informação a respeito

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.