Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

NOVO edital de seleção do Ibama é autorizado para preencher 1.659 vagas temporárias

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis foi autorizado a abrir um novo edital de processo seletivo (Processo seletivo IBAMA 2021) para o preenchimento de 1.659 vagas temporárias no órgão. O aval foi dado pelo Ministério da Economia nesta terça-feira, 04 de maio.

Está confirmado que o edital foi autorizado para níveis alfabetizado, médio e superior, conforme distribuição a seguir:

  • alfabetizado: brigadista (1.305 vagas) e chefe de esquadrão (213 vagas);
  • nível médio: chefe de brigada (96 vagas); e
  • nível superior: gerente estadual (40 vagas) e gerente federal (05 vagas).

Os requisitos de escolaridade acima foram como base no último edital para cargos temporários do Ibama. Ainda não foi confirmado pelo órgão, mas a escolaridade exigida deve ser mantida.

No último edital de seleção, os aprovados dos cargos de gerente/supervisor contaram com salários de R$4.180. O chefe de brigada tinha salário de R$2.090. Ademais, os ganhos de brigadista de prevenção foram de R$1.045, enquanto o chefe de esquadrão recebeu iniciais de R$1.567,50.

A expectativa é que o edital não demore a sair, uma vez que consta na portaria de autorização que os profissionais aprovados poderão ser contratados já a partir deste mês. Os contratos serão assinados por até seis meses, com possibilidade de prorrogação por até dois anos.

Último edital de temporários foi em 2020

Em 2020, o IBAMA abriu edital para temporários para o preenchimento de 800 vagas. As oportunidades foram distribuídas entre os estados do Acre; Amazonas; Bahia; Ceará; Distrito Federal; Goiás; Maranhão; Mato Grosso; Mato Grosso do Sul; Minas Gerais; Pernambuco; Rio de Janeiro; Piauí; Rondônia; e Tocantins.

As vagas do concurso foram distribuídas para os cargos de supervisor de brigada estadual (25), brigadista (656), chefe de esquadrão (112) e chefe de brigada (46).

Além dos salários ofertados, os candidatos contaram com auxílio-transporte e benefícios como auxílio-alimentação, auxílio pré-escolar (quando couber) e seguro acidente.

Os interessados em concorrer a uma das vagas de níveis médio e alfabetizado foram avaliados por meio de análise curricular e Teste de Aptidão Física (TAF). Para nível superior, houve cobrança de análise do currículo e também uma prova objetiva de conhecimentos específicos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.