Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

5/5 - (2 votes)

Novo Caged registra aumento de empregos CLT após retomada econômica

O Novo Caged informa que foram registrados 328 mil postos de trabalho com carteira assinada em fevereiro. Saiba mais detalhes!

O Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged) informa que foram registrados 328 mil postos de trabalho com carteira assinada em fevereiro, conforme informações da Casa Civil através da Conta Gov.

Novo Caged registra aumento de empregos CLT após retomada econômica

Segundo dados do Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged), nos últimos 12 meses, já foram criadas mais de 2,5 milhões de novas vagas, o que mostra de forma positiva o reflexo da retomada das atividades, considerando a suspensão ocorrida por conta da pandemia causada pelo novo coronavírus.

 Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados

O Ministério do Trabalho e Previdência divulgou nesta terça-feira (29), dados do Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged), que registrou saldo positivo do emprego com carteira assinada em fevereiro com 328.507 novos postos de trabalho.

Conforme informa a Casa Civil, no acumulado de janeiro a fevereiro deste ano, o saldo é de 478.862 vagas de emprego. De março de 2021 a fevereiro de 2022, registrou-se saldo de 2.582.497 novos postos de trabalho. Ao passo que, de janeiro de 2019 a fevereiro de 2022, o saldo positivo foi de 3.685.064 novas vagas. 

De acordo com divulgação oficial do Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged), de julho de 2020 a fevereiro de 2022, considerado período da retomada do emprego formal, foram anunciados 4.441.192 novos postos de trabalho.

Destaque para a empregabilidade no setor de Serviços

O setor de Serviços foi o grande destaque do mês, com a geração de mais de 215.421 mil novos postos de trabalho formais, distribuídos principalmente nas atividades de administração pública, defesa e seguridade social, educação, saúde humana e serviços sociais (101.611). 

Serviços, indústria, construção e agropecuária

Além disso, o Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged) destaca também a indústria, que teve um saldo no mês de (43.000). De acordo com a divulgação oficial, a construção apresentou (39.453) novas vagas de emprego. Por fim, o Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged) destaca que o setor da Agropecuária também cresceu (17.415). O aumento de empregos formais também ocorreu no setor de comércio, com saldo de (13.219) mil novos postos.

Regiões

De acordo com divulgação oficial do Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged), 25 unidades da Federação registraram saldo positivo na geração de empregos, com destaque para a região Sudeste. Os estados que mais abriram postos de trabalho foram: São Paulo (98.262 postos); Minas Gerais (36.677) e Paraná (28.506). Esse é um importante avanço, considerando a volatilidade da economia e a lenta recuperação do cenário econômico atual.

5/5 - (2 votes)

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.