Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

NOVO benefício de R$ 1.000 será pelo INSS; veja quem terá direito

A possibilidade é por meio do Benefício de Prestação Continuada (BPC), que paga um valor equivalente a um salário mínimo (R$ 1.100 em 2021).

Crianças e adolescentes de até 16 anos de idade podem receber benefício do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). A possibilidade é por meio do Benefício de Prestação Continuada (BPC), que paga um valor equivalente a um salário mínimo (R$ 1.100 em 2021).

O BPC é conhecido como uma “aposentadoria” para idosos acima de 65 anos. No entanto, muitos não sabem que ele também atende crianças e adolescente portadores de deficiência, também em situação de vulnerabilidade social e econômica.

Portanto, jovens com menos de 16 anos portadores de alguma deficiência têm direito a receber o benefício. De acordo com a Lei Orgânica da Assistência Social (Loas), criadora do BPC, a condição do beneficiário pode ser de origem física, sensorial, mental ou intelectual.

Como solicitar o BPC?

O benefício só é liberado por meio da comprovação da condição do solicitante, que pode ser dada através de exames, atestados e laudos médicos. Além da situação de deficiência, outro ponto que deve ser analisado é a renda familiar.

Neste caso, o núcleo familiar deve estar inscrito no Cadastro Único (CadÚnico). O registro deve ser realizado no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do município de residência. Contudo, o BPC pode ser liberado para famílias com renda per capita igual a ¼ do salário mínimo vigente, R$ 275 atualmente.

Em agosto, o Governo Federal encaminhou ao Congresso Nacional o Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA). O texto constatava que o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) estava em uma margem igual a 6,2%, conferindo um aumento na inflação. Desta forma, o salário mínimo foi estimado em R$ 1.169 para 2022.

INSS: 14º salário ou abono extra de R$ 2 mil?

Devido a antecipação do 13º salário para aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), milhões de segurados ficarão sem acesso a renda extra no fim do ano.

Neste sentido, desde o ano passado, quando ocorreu a primeira antecipação, vários parlamentares vêm se mobilizando para implementar um novo abono extra aos beneficiários da Previdência Social.

Entretanto, assim como qualquer outra medida de distribuição de renda, as propostas têm encontrado vários obstáculos para sua aprovação devido à falta de recursos. As iniciativas beneficiariam os segurados que atualmente, são o grupo de risco da pandemia decorrente da Covid-19. Confira as sugestões a seguir:

14º salário do INSS

Há dois Projetos de Lei (PL) referentes a criação de um 14º salário. São eles: o PL 3657/20, de autoria do senador Paulo Paim, e o PL 4367/20, elaborado pelo deputado Pompeo de Mattos. Ambos foram criados em 2020.

Todavia, após meses sem movimentação, a proposta do deputado Pompeo de Mattos foi aprovada na última semana pela Comissão de Seguridade Social e Família (CSSF) da Câmara dos Deputados. A decisão trouxe esperança aos segurados do Instituto.

No entanto, para que de fato seja implementado e entre em vigor, é necessário que o texto também seja aprovado na Comissão de Finanças e Tributação (CFT) e no Senado Federal, para depois ser encaminhado para sanção do presidente da república, Jair Bolsonaro.

Abono extra de R$ 2 mil

O abono extra é uma outra proposta destinada aos aposentados e pensionistas do INSS. Também criada no ano passado, não chegou nem a se tornar um Projeto de Lei. A medida foi apresentada como uma Sugestão Legislativa, que pode ser levada adiante por qualquer civil.

Em julho de 2020 a iniciativa foi encaminhada para o Senado Federal. Entretanto, não chegou a ser pauta de nenhuma reunião. Contudo, desde então o projeto do abono extra segue estagnado e sem chance de movimentações.

Veja também: Auxílio Brasil 2021: Governo tira benefício da lista de prioridades do momento

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

11 Comentários
  1. marlene Diz

    Me aposentei em Abril de 2020:mas só recebi o o salário mínimo em Abril de 2021 onde recorrer para receber esse 1 ano de vigência

  2. Mara Diz

    Isso pra nos aposentados virou uma palhaçada,nos estamos no esquecimento quem vive de promessa e santo vai contar sobre o 14 quarto salário para outro pq nao acredito em nada mais so vivemos de promessa

  3. Rosemeire do Carmo Souza Diz

    Com certeza vai ser os da panelinha do governo a mãe do presidente do INSS o tal do presidente da república essas ratazanas por que o pobre vai tomar onde a galinha toma.

  4. PAULO R SOUZA DIAS Diz

    Perfeito, ficar só postando que pode sair , já está um saco.

  5. Regi Diz

    Acho um absurdo quem posta estas mentiras ficam enganando os aposentados com estas postagens vai pegar uma troucha de roupa e lavar

  6. Claudia Diz

    Essa historia de decimo quarto salario ja esta irritando quem vive postando isso acho que nao tem o que fazer.

  7. VALMIR CARLOS ENDRUWEIT Diz

    Em resumo, só tem benefícios quem não contribui, aqueles que pagaram a vida toda para a previdência estão excluídos de benefícios e abandonados pelo poder público e são esses beneficiários que mantém a economia andando muitos são a única renda das famílias. O aposentado deve se lembrar desse abandono nas eleições, só os beneficiários do INSS podem decidir uma eleição tamanha a força que possuem.

  8. VALMIR ENDRUWEIT Diz

    Em resumo, só tem benefícios quem não contribui, aqueles que pagaram a vida toda para a previdência estão excluídos de benefícios e abandonados pelo poder público e são esses beneficiários que mantém a economia andando muitos são a única renda das famílias. O aposentado deve se lembrar desse abandono nas eleições, só os beneficiários do INSS podem decidir uma eleição tamanha a força que possuem.

  9. Luiz Carlos Santos Diz

    Essa propaganda enganosa a favor do Paulo Paim , está enchendo o saco , não vai ter décimo quarto salário. Isso é uma piada, até porque a pandemia praticamente já acabou , parem com esse mínimi . Ficam engando os pobres dos aposentados , e outra , quem trabalha também precisa desse dinheiro , e a união não tem como bancar . Pronto falei !

  10. Rozilene montaniaz Diz

    800,R$

  11. Valdirene Diz

    Essis politico er um bando de fausia e Aldão fala tudo mais nao cumpri nada cade o 14 dis aposentado bando de desgrasado

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.