Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

2/5 - (1 vote)

NOVO auxílio de R$400 nacional vai criar fila de prioridade em janeiro

De acordo com o Ministério da Cidadania, quem está na fila de espera do Auxílio Brasil vai ter prioridade em janeiro

O Governo Federal bateu o martelo e decidiu que vai inserir cerca de 2 milhões de pessoas no Auxílio Brasil ainda este ano. De acordo com o Ministro da Cidadania, João Roma, os brasileiros que estão na fila de espera terão prioridade nessa nova abertura de vagas. A expectativa é que eles preencham todas.

Todos os anos, o Governo Federal estipula um teto de gastos no orçamento do Bolsa Família. Quando o número de pessoas que precisam ser atendidas ultrapassa o limite de despesas com o programa, esses cidadãos passam a ir para esta fila de espera. Por lá, eles aguardam até que existam novas vagas de entrada.

De acordo com o Ministério da Cidadania, cerca de 1,5 milhão de pessoas estão nesta situação. Mas acredita-se que esse dado não esteja atualizado já que a pasta não está realizando novas verificações. Segundo o Consórcio Nordeste, mais de 2,4 milhões de brasileiros estão esperando por essas entradas.

O tempo de espera costuma variar a depender da pessoa. De acordo com relatos nas redes sociais, tem gente esperando nesta fila desde 2019, ou seja, bem antes da chegada da pandemia do novo coronavírus por aqui. Esses cidadãos deverão estar no topo da lista de entrada do programa em questão.

Em entrevista no início desta semana, o Ministro da Cidadania, João Roma, disse que a ideia do Governo Federal é acabar com essa fila ainda neste ano. Isso significaria que eles teriam que inserir mais de 2 milhões de pessoas na folha de pagamento do programa para que eles comecem a receber em janeiro.

Fila vai acabar mesmo?

Quando o Ministro da Cidadania diz que vai acabar com a fila, é preciso ter muito cuidado com essa informação. Acontece que ele parte da ideia de que essa lista de espera está formada com cerca de 2 milhões de brasileiros.

Mas como dito, esse número não é exatamente confiável. Isso porque não há no Brasil hoje uma contagem oficial dessa situação. Imagina-se, por exemplo, que nas últimas semanas muitas pessoas tenham entrado nessa fila de espera.

Então é muito pouco provável que o Governo Federal consiga acabar com essa lista de uma só vez. Principalmente porque se sabe que eles só deverão trabalhar com um limite de 17 milhões de atendidos. Estima-se que muito mais gente precise dessa ajuda agora.

O Auxílio Brasil

O Governo Federal começou os pagamentos do Auxílio Brasil ainda no último mês de novembro. Naquele primeiro momento, apenas os usuários que estavam dentro do Bolsa Família até outubro é que puderam receber.

Essa regra não mudou agora em dezembro. Isso quer dizer que mesmo neste segundo pagamento, apenas esse público está podendo pegar o dinheiro. Além deles, ninguém mais conseguiu entrar no projeto. Pelo menos é o que se sabe.

Para este mês de dezembro, o que mudou mesmo foi a questão do valor do benefício. Em novembro, os usuários receberam uma média de R$ 220. Agora, o Governo garante que ninguém está pegando menos do que R$ 400.

2/5 - (1 vote)

Veja o que é sucesso na Internet:

2 Comentários
  1. Daniele Diz

    Meu 149 apenas menos que ganhava bolsa família 180

  2. Adria Diz

    No meu só veio o valor mesmo do bolsa família 30 reais a mais, só isso

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.