Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

NOVO auxílio de R$ 80 para vulneráveis é aprovado; veja como receber

De acordo com informações oficiais, novo Auxílio em questão não vai poder ser recebido por aqueles que possuem o Bolsa Família

Foi aprovada a criação de mais um auxílio emergencial. Agora, o programa vai atender pessoas que estejam em situação de vulnerabilidade. Os pagamentos mensais são de R$ 80 por indivíduo. Pelo menos é o que se sabe até agora.

Veja também: NOVA solicitação para o auxílio emergencial de R$600 é feita

A ideia do programa é focar nas pessoas que estão em situação de pobreza e extrema-pobreza. Eles, aliás, deixam claro que irão utilizar o critério federal para definir quem está nestes grupos. Para isso, é preciso saber fazer a conta da renda mensal per capita, que leva em consideração uma série de fatores.

Na prática, o programa em questão vai servir para as pessoas que possuem renda per capita mensal familiar de até R$ 178. Esse é o número que engloba os indivíduos que estão em situação de pobreza ou de extrema-pobreza. A ideia é que o próprio Governo do estado faça uma espécie de pente fino a cada 90 dias em cada uma dessas contas para impedir fraudes.

Falando em Governo do estado, é para lá que esse projeto está indo neste momento. Logo depois da aprovação na Assembleia Legislativa, o ideia vai para o gabinete do Governador Ratinho Júnior. Por lá, o chefe da gestão estadual vai decidir de vai vetar ou aprovar o projeto. É a última etapa de tramitação.

Em caso de aprovação, o programa vai para a fase de operação. É neste momento, aliás, que eles irão dar mais detalhes sobre o processo de inscrição. Nas redes sociais, pessoas em situação de vulnerabilidade já começaram a tentar fazer pressão no Governador para que ele aprove essa ideia o quanto antes.

Auxílio de R$600 liberado

Além do Paraná, outros estados também avançaram com a criação de auxílios emergenciais nesta semana. Talvez o caso mais famoso seja o de Minas Gerais. Por lá, o Governador Romeu Zema (NOVO) anunciou um novo benefício.

Em Minas Gerais,  o Auxílio vai pagar uma parcela única de R$ 600 para algo em torno de 1 milhão de famílias. Assim como no Paraná, a ideia por lá é ajudar as pessoas que estejam em situação de vulnerabilidade social.

Na coletiva de lançamento do programa em questão, o Governador Romeu Zema deu uma declaração polêmica. Ele disse, aliás, que boa parte dos usuários do Auxílio Emergencial não fazem bom uso do dinheiro. “Gastam no bar”.

Auxílio Federal

Em um nível federal, também há muita discussão acontecendo sobre este assunto neste momento. Isso porque de acordo com as informações oficiais, o Auxílio Emergencial do Palácio do Planalto está muito próximo de chegar ao fim.

De acordo com notícias da imprensa, o Governo está optando por prorrogar o benefício por maia alguns meses. Aliás, eles só estariam decidindo agora o tamanho dessa prorrogação. Há quem diga que o mais provável é que ele siga até abril de 2022.

No entanto, nada disso é oficial ainda. A expectativa é que o Governo anuncie como vai ficar o futuro do Auxílio Emergencial Federal nos próximos dias. De acordo com informações de bastidores, membros do próprio Palácio do Planalto sabem que o tempo está ficando curto.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

2 Comentários
  1. Keith Kelvin santos cesario Diz

    Como receber

  2. Janaína Martins Elias Diz

    Como receber

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.