Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Agências do INSS seguem fechadas até dia 22 de maio e com os agendamentos online

É importante lembrar que esse período ainda poderá ser estendido, como também encurtado.

Foi prorrogado pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) o prazo de atendimento à distância até o dia 22 de maio, de acordo com o decreto de estado emergencial de saúde devido à pandemia do coronavírus.

Portanto, a realização de perícias médicas segue suspensa. De acordo com informações divulgadas na quinta-feira (30), a análise dos requerimentos de benefícios segue sendo feita online. Os atestados médicos devem ser enviados pelo “Meu INSS” (por meio do site ou pelo aplicativo para celular).

Durante este período, os segurados estarão dispensados da perícia médica presencial.  Por esse motivo, o INSS começou já começou receber atestados médicos dos segurados em formato digital por meio do portal Meu INSS pelo site ou aplicativo para celular. A pessoa que usar a plataforma para encaminhar o documento e solicitar o auxílio-doença receberá automaticamente uma antecipação de R$ 1.045, após o atestado ser validado pela perícia médica do órgão.

Saiba como pedir

Depois de entrar no Meu INSS, selecione a opção “Agendar Perícia”. Quem ainda não possuir senha, precisa se cadastrar para poder fazer o login.

Depois de fazer o login, basta fazer o seguinte:

  • Clique em “Agendar Perícia”
  • Selecione a opção “Perícia Inicial” e, em seguida, clique em “Selecionar”
  • Na pergunta “Você possui atestado médico”, selecione “SIM” e clique em continuar
  • Preencha as informações pedidas e clique em “Avançar”
  • Em “Anexos”, clique no sinal + para inserir o documento e clique em “Anexar”
  • Agora basta selecionar o documento (seu atestado médico) que você quer anexar, clicar em “Abrir” e, em seguida, em “Enviar”
  • Siga os passos seguintes e clique em “Gerar Comprovante” para que você o salve em seu computador ou celular.
  • Em caso de dúvidas, confira o passo a passo disponibilizado pelo INSS.

O concurso

Na última quinta-feira, 30, foi divulgado o edital de concurso do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) visando preenchimento de mais de 8 mil vagas. As inscrições da seleção são totalmente gratuitas.

Segundo o edital publicado, para concorrer será necessário ser aposentado pelo regime próprio de Previdência Social da União ou militar da reserva das Forças Armadas. Os interessados em concorrer a uma das vagas poderão se inscrever entre 04 e 10 de maio de 2020. A matrícula poderá ser feita através do site do próprio Instituto Nacional do Seguro Social.

No mesmo site do órgão vai ser feita a divulgação dos atos pertinentes do concurso, como por exemplo, os resultados das etapas do processo seletivo, e a convocação dos candidatos para ocupação dos cargos. Serão oferecidas, ao todo, 8.240 vagas.

Para evitar ida ao banco, INSS liberou pagamento de benefício direto na conta

Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) publicou no Diário Oficial da União (DOU) uma portaria autorizando a transferência do pagamento dos benefícios para conta corrente.

A medida anunciada pelo órgão visa evitar que os beneficiários se desloquem até agências bancárias para terem acesso ao seu benefício.

Segundo o INSS, o valor liberado poderá ser transferido para uma conta corrente em nome do titular do benefício, mediante ao requerimento, enquanto durar a pandemia do coronavírus. A solicitação deverá ser feita através do site Meu INSS.

Antecipação da primeira parcela do 13º salário

Acesse Agora as Principais Notícias no Brasil e fique atualizado

Nesta quinta-feira, 30 de abril, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) libera mais um lote da primeira parcela do 13° do INSS, que será pago aos aposentados e pensionistas. O calendário, para quem recebe até um salário mínimo, teve início na última sexta (24) e segue até o dia 08 de maio. Hoje (30) será liberado para quem tem o número final do benefício 5.

primeira parcela do 13º do INSS corresponderá aos 50% pagos nas pensões e aposentadorias. Ou seja, o beneficiário que recebe R$1.045 mensais vai ter direito a uma parcela de R$ 522,50 a mais em seu salário. Sendo assim, o cidadão poderá sacar R$1.567,50.

Segundo previsão da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, a segunda parcela deve ser paga entre os dias 25 de maio e 5 de junho.

O costume é que o pagamento do 13º seja pago no segundo semestre. Já a segunda parcela normalmente chega no pagamento de dezembro.

Veja também: Dois saques do PIS/PASEP são liberados com valor de até R$1.045

Leia Também:

brasil 123  
1 comentário
  1. Maria santos Diz

    Tá si desde do dia 25 foi feito mim pedido de estabelecimento do beneficio feito pela justiça e continua em análise

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?