Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

4.4/5 - (5 votes)

Nota de R$10 de plástico pode valer alta quantia hoje em dia; veja como trocar

Os colecionadores de moedas e cédulas raras, os chamados numismatas, buscam por vários itens raros pelo mercado, entre eles estão as notas de R$ 10 confeccionadas em plástico, lançadas nos anos 2000 em comemoração aos 500 anos da chegada de Pedro Álvares Cabral ao Brasil.

As cédulas eram muito bonitas, com um desenho de Pedro Álvares Cabral e um antigo mapa do Brasil com caravelas impresso nelas. Devido ao seu custo na confecção, apenas 125 milhões de notas foram emitidas pelo Banco Central. Simplificando, esses itens são exclusivos.

Além disso, após serem colocadas em circulação, as notas começaram a perder a tinta e facilmente foram se desgastando. Devido a não reposição das cédulas, elas acabaram sendo extintas, se tornando rara hoje em dia.

Circulação das cédulas de plástico

As notas eram impressas em um material específico de polímero, semelhante ao plástico comum. Após a emissão, os itens ficaram em circulação até em outubro de 2006, ou seja, elas ficaram no mercado por cerca de seis anos em todo o país até serem extintas.

Quanto vale a nota de plástico de R$ 10?

Atualmente, uma nota de R$ 10 de plástico vale entre R$ 130 e R$ 150, mas especialistas dizem que pode o valor pode subir no futuro. Ou seja, quanto mais tempo desde sua emissão, mais rara a nota se torna.

Contudo, caso tenha um exemplar dessa nota contigo, procure os compradores mais vantajosos, em lojas virtuais ou nos próprios blogs dos numismatas.

Nota de R$100 pode valer quase R$5 mil

Ainda não é de conhecimento de grande maioria da população, mas as cédulas de real podem valer mais do que está impresso nos modelos que estão em circulação.

A princípio, é importante deixar claro que nem todas que estão circulando possuem valor alto. Na verdade, a grande maioria vale o que representam, ou seja, R$ 50 vale 50 reais e R$ 100 também valerá 100 reais. Todavia, há algumas características que valorizam os modelos e os fazem ter um preço bem maior do que o valor impresso.

Dentre os modelos, a nota rara de R$100 ganhou bastante valorização no decorrer do anos anos. Em resumo, o modelo em questão tem um erro de fabricação que o diferencia das demais notas que estão em circulação. Ademais, as cédulas em questão são muito antigas e fazem parte da “primeira família” do real. Veja como trocar a nota de R$100.

4.4/5 - (5 votes)

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.