Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Nokia decide permitir que funcionários trabalhem de casa

Depois de um longo período de pesquisas, a gigante de tecnologia Nokia decidiu permitir que os seus empregados trabalhem de casa. Não é uma liberação de 100% do corpo de funcionários por tempo integral. No entanto, será uma mudança em relação ao que se vê agora.

De acordo com a nova regra, cada funcionário vai poder optar por trabalhar três dias por semana de maneira remota. Como dito, é uma opção. Então aqueles que não quiserem fazer isso, poderão seguir trabalhando todos os dias dentro dos escritórios da empresa espalhados pelo mundo.

Segundo a direção da empresa, a ideia é que essa nova lógica trabalhista se inicie no próximo mês de janeiro de 2022. Isso vai dar portanto um tempo para que a direção faça as mudanças necessárias nesse período de transição tanto para os chefes como para os trabalhadores.

De acordo com a Nokia, eles realizaram uma extensa pesquisa com todos os seus funcionários para saber qual a opinião deles sobre o assunto. O resultado foi que a grande maioria das pessoas queria trabalhar de casa por dois ou três dias por semana.

Antes da pandemia, quando eles também realizaram a pesquisa, o resultado foi diferente. Na ocasião a maioria dos funcionários até queria trabalhar de casa, mas por um período de tempo menor. Eles falavam em um ou dois dias, no máximo. Aconteceu portanto um aumento da aprovação do home office.

Home Office

Não é só a Nokia. De acordo com informações oficiais, algumas das maiores empresas do mundo estão tentando inserir o Home Office no dia a dia dos seus funcionários. E isso independe da Covid-19. É que alguns setores perceberam uma melhora da produção nesse período.

E seria justamente por isso que boa parte dessas empresas querem manter esse sistema. A maioria não quer repetir a dose com esse grau de entendimento atual, mas quer fazer pelo menos com que os funcionários passem mais tempo em casa no período do trabalho.

Quem gosta do home office costuma argumentar que acaba tendo mais tempo para cuidar da família no meio da pandemia. Além disso, há também uma redução dos custos. Gastos com passagem de ônibus ou com o combustível de carro, por exemplo, costumam desabar.

Situação no Brasil

Não é para todo mundo. Embora muita gente goste do estilo do trabalho em casa, essa não é uma modalidade trabalhista que caiba na rotina de todas as pessoas. No Brasil, por exemplo, a desigualdade parece fazer com que o home office seja uma realidade apenas para uma parcela da população.

De acordo com dados oficiais das mais diversas pesquisas de cunho nacional, o trabalho remoto foi mais uma realidade para todo mundo no começo da pandemia. Agora, mesmo com a Covid-19 matando até mais do que no ano passado, muitos empregados tiveram que voltar para os locais dos seus empregos.

Essa mesma pesquisa mostra que a maioria das pessoas que estão em home office agora são brancas, mulheres, de classe alta e com escolaridade elevada. São brasileiros que podem, por exemplo, pagar por uma boa conexão com a internet. E isso não é a situação da maioria das cidadãos no Brasil.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.