Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Liberado cartão mais social com crédito de R$200; veja como receber

O benefício é destinado a compras de alimento e itens de higiene.

O cartão Mais Social do Mato Grosso do Sul está sendo distribuído para cerca de 100 mil famílias. O Governo do Estado pretende liberar um auxílio de R$ 200 para famílias em situação de baixa renda. O benefício é destinado a compras de alimento e itens de higiene.

O governador do MS, Reinaldo Azambuja, garante que o Cartão Mais Social irá atender 100 mil famílias em situação de vulnerabilidade social. O benefício no valor de R$ 200 mensais deve ser destinado a famílias que possuem uma renda per capita inferior a meio salário mínimo.

A quantia é depositada no ticket e só pode ser utilizada para comprar produtos alimentares e de higiene. Para ter direito ao benefício do programa criado pelo Governo do Mato Grosso do Sul, o cidadão precisa se enquadrar nos seguintes requisitos:

  • Ter uma renda per capita inferior a meio salário mínimo (R$ 550);
  • Residir no Estado do Mato Grosso do Sul há pelo menos dois anos;
  • Ser beneficiário do Vale Renda;
  • Estar inscrito no Cadastro Único (CadÚnico);
  • Ter como membros da família crianças matriculadas em escolas.

Esse programa compõe a lista de medidas adotadas pelo Estado para amparar famílias carentes em situação de vulnerabilidade, devido a crise causada pela pandemia decorrente da Covid-19. Vale destacar que o benefício não é cumulativo, sendo assim, apenas uma pessoa da família terá acesso.

No entanto, ele servirá para ajudar toda a família a garantir segurança alimentar, embora ainda o cenário seja de pandemia. O Governo do Estado informa que a infecção tem prejudicado, principalmente, os trabalhadores informais.

Em razão disso, há necessidade de criar medidas para ajuda a população, seja como a alimentação, com a higiene, com gás, entre outros. A gestão também alega se preocupar com o desenvolvimento das crianças que compõem essas famílias

Contudo, a expectativa é que o benefício tenha duração de dois anos. Então, para continuar recebendo o auxílio, os beneficiários precisam:

  • Frequentar curso de alfabetização de jovens e adultos ou participar de reuniões socioeducativas;
  • Manter carteiras de vacinação atualizadas;
  • Participar de programas e de campanhas públicas de combate à desnutrição e ao câncer de mama, colo de útero e próstata;
  • Gestantes precisam realizar o pré-natal regularmente.

Veja também: Governo ainda não definiu detalhes sobre o novo Bolsa Família

3 Comentários
  1. Edinaldo Costa Almeida Naldo Diz

    É um excelente app e tem um ótimo desempenho para produtividade diários

  2. Bruna felix ribeiro Diz

    Como faço meu cadastro

  3. Katia Diz

    Sempre que vejo uma noticia boa de governo estual c. Vale gaz cartaoes c/credito auxilio aluguel fico feliz mas rapidinho ja vejo q nao e p o meu estado entao ja saio e nao leio a materia,as isso e bom, sao cavacos que voam sobre o governo federal cn esse auxilio de miseria q ele paga, e ainda publicam q cartoes cm200 de credito vai resolver problemas de alimentacao kkkkkkk heita isso e brasileiro concordante cm o errado

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.