Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

LIBERADO aumento de 25% da aposentadoria do INSS; veja quem pode

Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) anunciou um aumento em 25% o valor da aposentadoria de alguns beneficiários. No entanto, a alteração é aplicável apenas em alguns casos de aposentados por invalidez. A mudança se trata do auxílio-acompanhante.

O adicional foi criado com o objetivo de complementar a aposentadoria dos beneficiários. O aumento equivale a um valor para cobrir o auxílio para atividades diárias.

Os aposentados que recebem o benefício, devem ser inaptos de realizarem atividades laborativas. Dessa forma, com a necessidade de um acompanhante, o responsável pela ajuda pode ser uma pessoa da família e não precisa ser necessariamente um enfermeiro ou contratado.

Como solicitar o aumento

O benefício já é concedido junto ao processo da aposentadoria. Porém, as pessoas que já estão aposentadas por invalidez e não receberam o auxílio, poderão solicitar pelo aplicativo Meu INSS ou pelo telefone 135.

O INSS ressalta a necessidade de alguns documentos para realizar o pedido, sendo eles: CPF e documento de identificação com foto do solicitante e do representante, ou procurador; Termo de representação legal ou procuração; e documentos médicos que comprovem que o segurado seja dependente de terceiro.

Revisão vai aumentar aposentadoria em até 6 vezes; veja como

Superior Tribunal de Justiça (STJ) julgou a favor do tema 999, conhecido como “revisão da vida toda” do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Sendo assim, o aposentado poderá receber, conforme avaliações de especialistas em direito previdenciário, o valor do benefício até seis vezes maior que o anterior.

A correção do valor consiste em pedir à Previdência o recálculo da média salarial, considerando todos os salários do trabalhador, inclusive os anteriores a julho de 1994.

O INSS calculava, até a promulgação da reforma da Previdência no dia 12 de novembro de 2019, a média do salário com base nos 80% maiores salários do trabalhador a partir de julho de 1994. No entanto, a análise mudou.

Agora, o segurado que se enquadra na decisão e recebe hoje o piso da aposentadoria pode, por exemplo, passar a receber o teto da Previdênciaum aumento de cerca de 485% nos ganhos. A “revisão da vida toda do INSS” pode abranger mais de 2 mil pessoas, segundo especialistas.

Vale lembrar que a situação, no entanto, ainda depende de alguns fatores, como por exemplo, o caso do contribuinte que trabalhou a vida inteira recebendo sobre o teto da previdência. No ano de 1993, no entanto, passou para a informalidade, se tornou empresário, e deixou de contribuir com o INSS desde então.

Na antiga regra, o benefício dessa pessoa quando se aposentou por idade foi de um salário mínimo, uma vez que ela ainda não tinha qualquer contribuição depois de 1994, apesar de todos os salários dela antes dessa data garantirem o benefício no valor do teto.

Veja também: Abono extra de R$ 2.000 LIBERADO para brasileiros no INSS; conheça a proposta

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
10 Comentários
  1. RITA VELOSO DE CASTRO Diz

    Olá, meu marido recebeu auxílio vitalício depois de um acidente de trabalho..so que ele se aposentou por tempo de trabalho …mas o ano passado foi cessado com injúrias dizendo que Devido A devolver um.calor de mais de 100.000. Mil reais o que faremos está correto isso

  2. Sergio Motta Diz

    sou do LOAS. teria eu direito a algum auxílios extras ?

  3. Luis Carlos Tomé Diz

    Eu tenho direito a reaposentadoria 2014 que aposentei

  4. Aníbal soares rosa filho Diz

    Eu sou colostomisado ,e preciso de terceiros para fazer a troca. das bolsas e fazer algumas atividades pois tenho uma hérnia grande que me atrapalha a fazer atividades normais., Eu já fiz a solicitação em agosto e ainda não saiu a decisão eu tenho direito sou aposentado por invalidez?

  5. Marly Diz

    Boa tarde! Meu pai tem 96 anos e está cadeirante desde 2015.
    Depende de mim para tudo…
    É aposentado e recebe um pouco mais…de um salário mínimo.
    Cuido dele integralmente…só para qdo ele dorme.
    Como devo proceder?
    Obrigada.

  6. Antoniel Cavalcante Diz

    Boa tarde. Gostaria de saber se tenho direito aos 25%,Pois recebo auxílio acidente de trabalho,código 94;se tenho direito,por onde devo começar ,ou quais documentos apresentar e onde devo solicitar??
    Fiquei com sequelas irreversível (coluna lombar,cervical,tendinite e bursite). Com esses meus problemas,me enquadro nesses 25%???

  7. Maria do Socorro lima dias Diz

    Os beneficiário do bpc também tem esse direito ao aumento de 25 por cento?

  8. MARIA LIDUINA FÉLIX DA SILVA Diz

    QUERO SABER. SE A MAMAE DE 92 ANOS TEM DIREITO A ESSE ADICIONAL DE 25% Á APISENTADORIA?

  9. Izabel Cristina Diz

    Deus permite que o INSS resolva a situação das pessoas que estão esperando aposentar meu esposo estar dois anos esperando e nada essa espera e um sofrimento 😢

  10. José César dos Santos Diz

    Eu me aposentei em,2000 gostaria de saber se me enquadro na revisão citada nessa página.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.