Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Pode surgir nova proposta de isenção do Imposto de Renda para salário de até R$ 5 mil

O relator do projeto de Reforma do Imposto de Renda no Senado, Angelo Coronel (PSD-BA), disse que vai relatar uma proposta para elevar a faixa de isenção do IR para R$ 5 mil. O Governo de Jair Bolsonaro enviou uma proposta que elevaria a isenção que hoje é de R$ 1.903,38 para R$ 2,5 mil.

Em uma entrevista concedida ao Jornal Estado de São Paulo, o senador afirmou que a medida iria beneficiar até 25 milhões de pessoas. Durante a campanha eleitoral, Bolsonaro teria pretensão de elevar a isenção do Imposto de Renda para cinco salários mínimos, que hoje é equivalente a R$ 5,5 mil, mas sua proposta não chega a metade do valor.

Senador destaca que seria muito importante abranger um maior número de beneficiários

Para o Senador, o mais importante seria abranger um número maior de beneficiários nessa nova faixa de isenção. O mesmo acrescenta que a mudança prometida na Câmara, para R$ 2,5 mil é muito pequena, sendo que existem famílias que apenas uma pessoa tem uma despesa mensal de R$ 7 mil.

Ao lado dos Precatórios, a Reforma do Imposto de Renda é vista como uma alternativa do Governo Federal para custear o novo programa social, o Auxílio Brasil, que irá substituir o Bolsa Família.

Também nesta semana, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), disse que a casa necessita votar o projeto da Reforma do IR o mais rápido possível, citando também a proposta dos precatórios.

De acordo com o relator do projeto, Reforma do Imposto de Renda precisa ser aprovada ainda este ano

Segundo Angelo Coronel, existe tempo suficiente para que a tramitação da Reforma do Imposto de Renda seja aprovada ainda este ano, passando então para que a sua vigência seja dada já a partir do início de 2022.

Na questão do Imposto de Renda ainda existe o tempo, ou seja, caso não seja aprovado ainda neste ano, é difícil que o projeto ande em 2022. E é claro que para a classe média brasileira seria uma ótima notícia em meio a tantas subidas de preço ter um alívio no IR.

Receita Federal divulga a lista dos incluídos na Malha Fina

Nesta quinta-feira (30), a Receita Federal divulgou uma lista onde quase 870 mil contribuintes caíram na Malha Fina, de acordo com as informações da própria RFB. Foram entregues 36.868.870 declarações neste ano, sendo que 2,4% desse total acabou ficando retido na Malha.

Destas declarações, 666.647 são declarações com imposto a ser devolvido, porém a restituição apenas acontecerá após a pessoa entregar uma declaração retificadora. 181.992 terão imposto a pagar e 20.663 com saldo zero, porém vão precisar acrescentar informações.

Entre os principais motivos que a Receita Federal avisa que pode acontecer de uma declaração de Imposto de Renda resultar em malha fina, está omitir os rendimentos, como não informar saldos ou não realizar a apuração do carnê-leão, onde quando o imposto será devido no mês, acaba sendo cobrado com juros.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.