Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

INSS libera benefício de R$1.100 em calendário com datas já definidas

Os segurados do INSS, que incluem aposentados, pensionistas e titulares de auxílios, seguem recebendo o benefício de um salário mínimo. O novo salário mínimo vigente no país tem o valor de R$ 1.100, em frente aos R$ 1.045 pago no ano passado.

Os primeiros pagamentos do benefício acontecem para quem tem o cartão com o final de dígito 1. Nos casos em que os beneficiários recebem o piso nacional, o valor é liberado para um grupo por dia. Veja abaixo o calendário com a data de cada grupo.

  • Grupo 1 – 25 de janeiro
  • Grupo 2 – 26 de janeiro
  • Grupo 3 – 27 de janeiro
  • Grupo 4 – 28 de janeiro
  • Grupo 5 – 29 de janeiro
  • Grupo 6 – 01 de fevereiro
  • Grupo 7 – 02 de fevereiro
  • Grupo 8 – 03 de fevereiro
  • Grupo 9 – 04 de fevereiro
  • Grupo 0 – 05 de fevereiro

Aos 11,7 milhões de segurados do INSS que recebem mais que o salário mínimo, os pagamentos começam a ser feitos a partir da primeira semana de fevereiro. O valor foi corrigido em 5,45% pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) acumulado no ano passado.

No caso desses beneficiários, o INSS faz o pagamento a dois grupos por dia. O cronograma também é feito de acordo com o último dígito do cartão de pagamento, antes do traço. Veja o cronograma abaixo.

  • Grupos 1 e 6 – 01 de fevereiro
  • Grupos 2 e 7 – 02 de fevereiro
  • Grupos 3 e 8 – 03 de fevereiro
  • Grupos 4 e 9 – 04 de fevereiro
  • Grupos 5 e 0 – 05 de fevereiro

Valor ainda poderá subir em 2021

Um novo valor para o salário mínimo a partir de 2021 pode também reajustar o pagamento dos benefícios do INSS. O Governo Federal vai realizar mais um reajuste do salário mínimo deste ano. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou que o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), usado para a correção do mínimo, acumulou alta de 5,45% em 2020.

Quando corrigiu o salário mínimo para 2021, passando de R$1.045 para R$1.100, o Governo Federal reajustou o salário mínimo em 5,26%. No entanto, como o aumento do INPC em 2020 foi de 5,45%, o reajuste dado pelo Governo Federal no fim do ano passado foi inferior. Sendo assim, para que não haja perda de poder de compra, o valor do salário mínimo deverá ser de ser reajustado para R$ 1.101,95 em 2021.

O novo reajuste do valor, com base no INPC, segue o que determina o texto Constitucional do país. O salário mínimo tem que ser corrigido, ao menos, pela variação do INPC do ano anterior.

1 comentário
  1. Cristyano gomes Diz

    Gostaria de saber se esta incluso nessa tabela de pagamento. O seguro defeso do pescador artesanal. Porque ja fez mais de 30 dias de analise e ate o momento o meu pagamento nao saiu…

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.